Evangelho na comunidade

Data de publicação: 28/07/2013

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

17° Domingo do Tempo Comum

Gn 18,20-32; Sl 137 (138); Cl 2,12-14; Lc 11,1-13


Deus dá o Espírito Santo a quem lhe faz pedidos – Deus não dá coisas, nem coisas boas. Deus dá o Espírito. Ele se dá a si mesmo a cada um de nós porque Ele ama de verdade as suas criaturas. Ele não faz nada em nosso lugar. Ao contrário, Ele nos deixa crescer, Ele nos quer adultos com capacidade de decidir. Ele ressuscitou mortos, curou doentes, acalmou tempestades, multiplicou pães e peixes, e um dia disse: “É bom para vocês que eu vá embora para que venha o Espírito Santo. É bom que eu vá embora se não vocês vão ficar me pedindo que eu acalme a tempestade, que encha o bujão de gás, que conserte a janela. Vou embora e virá o Espírito Santo que ensinará a vocês todas as coisas. Ele lhes dará seus dons para que vocês mesmos saibam resolver seus problemas, procurando juntos soluções, somando forças, sendo solidários e criativos”. O Espírito é amor e o amor é criativo. É bom refletir sobre a qualidade dos pedidos do Pai-nosso como São Lucas os apresenta: Que o nome do Pai seja santificado, que seu Reino venha, que não nos falte o pão de que precisamos, que sejamos perdoados como perdoamos e que Deus não nos deixe cair em tentação.
 
Deus vai tratar os inocentes como os culpados? – Abraão, nosso pai, nos dá o exemplo da oração de intercessão. Ele fala e discute com Deus em favor dos habitantes de Sodoma e Gomorra. Deus vai destruir as duas cidades por causa de seus pecados. E os que não são pecadores vão ser também destruídos? O papa emérito, Bento XVI, meditou esse texto e assim nos responde: “Obviamente, não se pode tratar os inocentes como os culpados, isso seria injusto; é necessário, no entanto, tratar os culpados como os inocentes, realizando um ato de justiça ‘superior’, oferecendo-lhes uma possibilidade de salvação, porque, se os malfeitores aceitam o perdão de Deus e confessam sua culpa, deixando-se salvar, não continuarão fazendo o mal; eles se converterão também em justos, sem necessitar jamais ser castigados”.

Nossa conta foi cancelada, já não somos devedores – Que beleza a graça de Deus e a obra de Jesus Cristo. Somos todos pecadores e tínhamos grandes dívidas para com Deus, nosso criador. Jesus pegou essas dívidas e as pregou na cruz, eliminando-as de uma vez por todas. A partir de agora, já não devemos mais nada a ninguém, a não ser o amor. Estamos livres, podemos agradecer e seguir adiante com alegria. O que era da vida passada ficou sepultado nas águas do batismo. Somos nova criatura.

Nossa vida hoje – Se não temos dívidas com Deus e Ele colocou de graça dentro de nós o seu Espírito de Amor só nos resta amar. Esta é a característica do seguidor de Jesus: o amor mútuo. Agradecemos a Deus voltando-nos para os irmãos. Iluminados pelo Espírito, impulsionados por ele, trabalhamos uns em favor dos outros, somando as inteligências para que não falte pão a ninguém, para que os navios não afundem nem desabem os prédios, para que as doenças sejam curadas, para que a educação seja aprimorada. Os agentes do poder demoníaco vão reforçar o domínio do pecado do mundo. Com o Espírito Santo, entramos na batalha, intercedendo por todos, para que não caiam na tentação de destruir a obra de Deus.

*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura.





Fonte: Família Cristã 930 - Jun/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
SAÚDE
A biotecnologia é uma ferramenta e, como tal, deve ser cuidadosamente examinada.
Curar com as mãos
Levar em consideração o corpo inteiro e tratar diretamente a causa do problema são as principais
Artrite, tendinite ou artrose
Qual a diferença e quais as características dessas patologias? Comecemos pela diferença entre artrite e tendinite. Ambas são inflamações
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados