Evangelho na comunidade

Data de publicação: 15/08/2013

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

Assunção de Nossa Senhora


Ap 11,19a; 12,1.3-6a.10ab; Sl 44 (45);
1Cor 15,20-27a; Lc 1,39-56

Maria a caminho − Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se apressadamente a uma cidade da Judeia. Hoje ela partiu para as alturas do céu, tranquilamente, de Jerusalém, a cidade da Judeia. Antes, veio às pressas a Ein Karem, nas montanhas, não devagar, mas às pressas, para poder ajudar, ser útil, estar com a prima que em três meses daria à luz o precursor. Ela, a Mãe de Deus, corre em auxílio da mãe do servo de Deus. Sua grandeza está no servir, e ela carrega Aquele que virá para servir e não para ser servido. O ambiente se enche de alegria. É a presença de Maria e de seu filho que plenifica a casa de Isabel com a presença do Espírito. “Salve, Isabel, minha prima”, a criança pula em seu ventre e Isabel fica cheia do Espírito Santo. Deus olha para os pequenos, sua misericórdia vem em nosso socorro dispersando os soberbos de coração. A minha alma engrandece o Senhor. Maria, a serva do Senhor, parte para a casa do Pai, e entra com seu corpo e sua alma na eternidade de Deus.

Um grande sinal − Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida de sol. Ao lado do belo sinal da Mulher – Igreja e Maria – um outro sinal, menos belo, de um dragão se posta diante da Mulher para lhe devorar o filho, Jesus, o Messias Salvador e n’Ele todos os cristãos. O Filho foi levado para junto de Deus, e a Mulher foi para o deserto para dar continuidade à batalha contra o dragão e seus agentes. Há uma inimizade original entre a Mulher e a serpente, que é o dragão. O Filho da Mulher pisará a cabeça da serpente e então a paz será possível. O dragão introduziu no mundo a rebeldia, a arrogância, o egoísmo, a morte. A Mulher, Maria, não foi por ele contaminada e não sofrerá as consequências da morte. Em Maria só há vida, e a vida vence a morte.

O último a ser destruído é a morte – A morte e a corrupção do nosso corpo são consequência do pecado original. Salvos por Cristo e ressuscitados no batismo, receberemos um corpo novo e viveremos a glória da ressurreição. Por vontade de Deus, Maria foi preservada do pecado original e de suas consequências. Acreditamos assim que seu parto não foi em meio a dores e seu corpo não se desfez na terra fria. Ela foi levada em corpo e alma para o céu.

Nossa vida hoje – “Valha-me, nossa Senhora!” Que ela nos cubra com seu manto e nos preserve do mal. Como ela, queremos ser prestativos. Ir às pressas para poder ajudar. Como ela, queremos ser humildes e cantar não a nossa grandeza e sim a de Deus, que em nós faz grandes coisas. Com ela, colocamo-nos ao lado da vida em oposição às forças da morte sempre atuantes em nosso mundo. Como Maria, gostaríamos de poder levar a presença de Jesus onde estivermos e ter como sinal dessa presença a alegria e o bem-estar. Portadores de alegria, de esperança, de vida nova, não aves de mau agouro. Sendo Mãe de Deus e Mãe nossa, nós a temos como intercessora muito especial. Ela virá às pressas em nosso socorro e nos devolverá a alegria perdida. Não temos medo de enfrentar o dragão sabendo que ela está ao nosso lado. Santíssima Virgem Maria assunta ao céu, ajudai-nos! Que o Rei se encante com vossa beleza.


*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura.




Fonte: Família Cristã 931 - Jul/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
SAÚDE
A biotecnologia é uma ferramenta e, como tal, deve ser cuidadosamente examinada.
Curar com as mãos
Levar em consideração o corpo inteiro e tratar diretamente a causa do problema são as principais
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados