Evangelho na comunidade

Data de publicação: 04/10/2013

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

06 de outubro de 2013

27º Domingo do Tempo Comum

Hab 1,2-3; 2,2-4; Sl 94 (95);
2Tm 1,6-8.13-14; Lc 17,5-10

No terceiro domingo do mês de outubro, as comunidades católicas do mundo inteiro celebram o Dia Mundial das Missões e da Infância Missionária, por isso outubro é chamado de mês das missões. Somos convidados a rezar pelos missionários e a colaborar materialmente com os trabalhos que eles desenvolvem por toda a parte. As leituras bíblicas das três primeiras  semanas de outubro, segundo o calendário litúrgico do Tempo Comum, fazem referência à fé. A coincidência é muito feliz, pois os missionários difundem a fé, estamos no Ano da Fé, e o Santo Padre Francisco promulgou sua primeira encíclica sobre a fé, com o título Lumen Fidei, Luz da Fé. O papa enviou também a todas as comunidades uma mensagem de estímulo missionário para o Dia Mundial das Missões.

Se vocês tivessem fé... − Aumenta então, Senhor, a nossa fé! Os apóstolos pedem que Jesus aumente a fé deles. Por que fazem tal pedido? O fato de pedirem e pedirem para aumentar significa que alguma fé existia neles, e que eles sentiam a necessidade da fé para a vida de seguimento de Jesus que estavam começando. A resposta de Jesus pode dar a impressão de que os apóstolos não tinham nenhuma fé. Na realidade, a resposta de Jesus mostra a importância e a força da fé. Com a fé você transporta montanhas e manda uma árvore se plantar no mar, não, porém, para sua glorificação pessoal, mas como serviço de quem se considera servo inútil.

O justo viverá por sua fé – O profeta Habacuc vive num tempo difícil e no meio de uma situação calamitosa. Sendo um homem de Deus, ele enxerga com a fé tudo o que está acontecendo: violência, prepotência, discórdia, todo tipo de maldade. Mas, com a fé, ele sobrevive e não se deixa corromper.

Modelo − Tenha o modelo das palavras sadias que você ouviu de mim na fé e no amor em Cristo Jesus. O jovem Timóteo é exortado a voltar ao ponto de partida de sua caminhada no amor de Cristo, considerando sempre de novo tudo o que ele ouviu de Paulo com muita fé.

Nossa vida hoje – A fé é um dom precioso de Deus. Ela nos põe em contato direto com Deus e revela que Ele nos ama, quer o nosso bem, quer que nossa vida seja boa e bonita. Quando Jesus diz “Se vocês tivessem fé...”, Ele está esperando uma resposta nossa. A fé precisa ser acolhida e precisa de uma resposta pessoal. Assim nos ensina o papa em sua mensagem para o Dia das Missões. O justo vive por sua fé no meio de um mundo de tribulações, mas não vive sozinho, insiste o papa. Vive sua fé em Igreja, e viver a fé em Igreja significa viver numa “comunidade de pessoas, animadas pela ação do Espírito” e não “viver numa empresa ou numa ONG”. E o que vivem? Vivem a “maravilha do encontro com Jesus Cristo e desejam partilhar essa experiência de profunda alegria” com todas as pessoas. Tivemos um encontro com o Senhor, aprofundamos o seu significado, celebramos e comunicamos a alegria dessa experiência. Como Timóteo, procuramos sempre os fundamentos da nossa fé. Como Habacuc, aguentamos firmes porque vivemos da fé. O missionário que parte às periferias da existência humana leva a fé, que dá a vida eterna, a qual se alcança na prática do amor a Deus e ao próximo.


*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura.




Fonte: Família Cristã 933 - Set/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Missa de abertura do conclave
O decano do Colégio Cardinalício, cardeal Angelo Sodano, presidiu na manhã desta terça-feira (12), na Basílica Vaticana, à missa pro eligendo Pontifice – para a eleição do Romano Pontífice.
Programação do Conclave
As últimas Congregações Gerais e a programação do Conclave. O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, realizou no início da tarde de sábado (9), uma coletiva de imprensa após o encerramento da 9ª Congregação Geral do Colégio Car
Os desafios do novo papa
Ainda estamos comovidos com a renúncia do Papa Bento XVI. Quais os desafios mais urgentes para o próximo papa? Qual o melhor modo de enfrentá-los? O conclave decidirá quem será, mas é necessário desenhar o cenário onde ele irá atuar como pastor universa
Celebrando o Crisma
A celebração do Sacramento do Crisma decorre de um processo formativo e, quanto melhor vivido, mais poderá tornar-se um ponto de partida para a vivência da fé
Início Anterior 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados