Edição de Janeiro de 2014

Data de publicação: 20/12/2013

EDITORIAL

Paz e justiça

A mensagem de paz para o ano que começa não poderia ser deixada senão por ele que, nas últimas décadas, mais se empenhou em irmaná-la com a justiça: Nelson Mandela. Se, ao término de 2013, a paz mundial perdeu aquele que foi um de seus maiores campeões, nem por isso se pode dizer que a justiça foi derrotada. Ao contrário. A paz mundial não está órfã nem a justiça deixada por Madiba ficará como viúva desolada, porque a mensagem de perseverança, dignidade e caráter do último e, certamente, maior estadista do século 20 não apenas atravessou os primeiros anos desse novo milênio como deverá perdurar, e até crescer, por um bom tempo, talvez mesmo para a eternidade, como um exemplo de conduta. Como um arquiteto que desafia o peso do concreto com a leveza do ar, Mandela soube construir o diálogo com seus inimigos, legando um modelo a ser seguido pelos que desejarem seguir seus passos. Ou seja, todos nós, seus herdeiros morais.

Seguindo seus passos estaremos, como ele, deixando para os mais jovens um mundo bem melhor do que aquele que recebemos. E um dia, quem sabe, todos seremos Madiba. Haveremos de ser mais seguros em nossa caminhada, mais firmes em nossos propósitos, mais retos em nossos objetivos, não desmentirmos à tarde o que juramos – cheios de boas intenções – ao acordar pela manhã, daremos menos importância a coisas que afinal não têm importância alguma, olharemos no fundo dos olhos – mas sem ódio – dos nossos algozes, até que eles – assim como nós! – aprendam que, sem diálogo e respeito, o ser humano não chega a lugar nenhum. Que o verdadeiro vencedor não é necessariamente quem vence, mas quem luta e não esquece em nenhum momento o justo motivo pelo qual, afinal, está lutando. Como poucos, Mandela não se esqueceu das razões de sua luta. Como poucos, compreendeu que a justiça, fruto da luta, só pode existir quando esta abraça a paz, desde que ambas sejam representadas por seres humanos. Nessa sua luta, vencedores não foram opressores, nem os vencidos saíram humilhados.

Antonio Edson
Revista Família Cristã
familiacrista@paulinas.com.br


Veja nesta edição:


MENSAGEM
Família Cristã 80 anos
Mensagem de irmã Ninfa Becker, superiora provincial das Irmãs Paulinas no Brasil





ENTREVISTA
Um procurador na floresta
Felício Pontes em defesa dos povos da floresta





PERSONA
Mandela, líder africano
Uniu inimigos pela paz e promoveu a tolerância






FATOS
O que acontece
Prêmio Jovem Cientista, Cooperifa, Copa do mundo e outras notícias




JUVENTUDE E FÉ
Urgências
“Podemos mudar a maneira como entendemos a urgência discernindo o que é urgente de fato” – Padre Reginaldo Carreira





FAMÍLIA
E a família como vai?
Famílias do mundo inteiro são protagonistas de um processo histórico para a Igreja Católica






COMPORTAMENTO
A urbanidade mora ao lado
“Estamos cada vez mais urbanizados, no Brasil esse frágil equilíbrio foi rompido há tempos” – Maria Helena Brito Izzo




FILHOS
Viagem com crianças
Férias de verão, um bom momento para a família toda viajar





ENTRE JOVENS
Por um futuro de paz
Plano Juventude Viva articula políticas públicas no combate aos altos índices de homicídios de jovens negros na periferia






DINÂMICA FAMILIAR
Dependência química
Apoio terapêutico fortalece os vínculos familiares




REPORTAGEM
Os Schurmann
Por mares nunca dantes navegados





MATURIDADE
Tecer o amor
Projeto reúne mulheres em favor da solidariedade





PAINEL DO LEITOR
Comemorações e homenagens
Os leitores festejam com a família e amigos as datas especiais de janeiro





SAÚDE
A idade e os limites
Um ano termina e outro começa, com isso vem a certeza imanente de que o tempo passa





ALIMENTAÇÃO
O efeito cebola
Pesquisas garantem que cebola ajuda a prevenir vários tipos de câncer e protege contra doenças cardiovasculares





BIOÉTICA
Bioética e Religião: um diálogo necessário
“Nosso caminhar necessita ser nutrido pelo respeito, diálogo e compreensão pelo diferente”, Léo Pessini




O EVANGELHO NA COMUNIDADE
2 de fevereiro – Apresentação do Senhor
9 de fevereiro – 5º Domingo do Tempo Comum
16 de fevereiro – 6º Domingo do Tempo Comum
23 de fevereiro – 7º Domingo do Tempo Comum




PAZ INQUIETA 
Insuficiente
“Na evangelização, a linguagem agropastoril de ontem precisa de acréscimos fortes na era digital!”, Padre Zezinho, scj.





FORMAÇÃO LITÚRGICA
Ritmo eucarístico
“A Igreja investe em cuidados, estudos, discernimentos para preservar o ritmo de um mistério vivido e celebrado”, Frei Luiz S. Turra, ofm cap.






FORMAÇÃO TEOLÓGICA
Em nome do Deus uno e trino
“Os dons e os frutos do Espírito Santo são sentimentos que geram atitudes de relacionamento e levam a agir como Jesus”, Maria Inês Carniato, fsp.




IGREJA
Alegria do evangelho
Um hino da alegria do papa Francisco





ROÇA COMUNITÁRIA
Colheita feliz
Saúde de qualidade e desenvolvimento sustentável, sob a luz do Evangelho






POLÍTICA
Na ponta dos dedos
“O recadastramento biométrico eleitoral é mais um avanço no processo eleitoral”, Camila A. Tessare Silvestre




CF 2014
Vidas vendidas
No tráfico humano, a viagem quase sem volta da jovem Juci





POVOS DA FLORESTA
Direito à consulta prévia
“Apesar da previsão de obras o governo federal jamais realizou um processo de consulta prévia aos povos da floresta”, Felício Pontes Jr.





PANORAMA
Sob o olhar de Angélica
Em nossas diferenças, somos todos iguais





CULINÁRIA
Cebola sem lágrimas
Receitas nutritivas diretamente da roça






TRABALHOS MANUAIS
Pássaro da paz
Para a entrada do Ano-Novo com muita fé, alegria e sabedoria





ENCARTE ANO DA FÉ (12)
Perseverança
A grande herança do Ano da Fé








Fonte: Família Cristã 937 - Jan/2014
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

A paternidade
É um direito ter o nome dos pais na certidão de nascimento; mutirões são realizados para que a população tenha mais acesso ao registro de paternidade
Navegue com segurança
Viver no ambiente digital abre novos horizontes e possibilidades, mas requer cuidados
O melhor alimento para o bebê
O aleitamento materno é uma unanimidade mundial. Todos os profissionais de saúde reconhecem
Hora do pesadelo
Pesadelos são ruins em qualquer idade, mas os pais ficam mais angustiados quando são seus filhos.
Viver bem dentro de casa
Uma família unida enfrenta e supera os desafios da vida com maior facilidade.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados