Encontro Mundial das Famílias

Data de publicação: 26/03/2014

Foi apresentado à imprensa nesta terça-feira, 25, o VIII Encontro Mundial das Famílias, marcado para 22 a 27 de setembro de 2015, na cidade de Filadélfia, EUA. Na Sala de Imprensa da Santa Sé, o arcebispo da Filadélfia, Charles Chaput, e o Presidente do Pontifício Conselho para a Família, arcebispo Vincenzo Paglia, ilustraram aos jornalistas os temas e objetivos principais do evento.

Aguardando a confirmação da presença do Papa Francisco, dom Chaput adiantou que a cidade estará pronta para receber famílias de toda a América, do Alasca à Terra do Fogo, e de outros continentes e culturas: “O EMF em Filadélfia quer ser um dom para todas as pessoas de boa vontade; quem quer que tenha um coração generoso será bem-vindo”. O arcebispo abriu o convite às famílias de outras confissões cristãs e também de outras religiões, e a este propósito, anunciou que a catequese preparatória será elaborada levando em conta esta participação.

O anfitrião do Encontro citou dois grandes santos nativos de sua arquidiocese: Katharine Drexel, religiosa que dedicou a vida aos afro-americanos e índios da América do Norte, e o Bispo John Newmann, que criando escolas paroquiais, ajudou as famílias de imigrantes pobres a educarem seus filhos.

“A Igreja de Filadélfia – admitiu – precisa de uma grande renovação para superar a crise dos abusos sexuais ocorridos na última década, e neste sentido, tem o dever de ajudar as vítimas e suas famílias a recuperarem sua fé com alegria e convicção, além de proteger as crianças e os jovens nos anos futuros”, reiterou.

O representante do Vaticano, dom Vicenzo Paglia, falou da necessidade de inteligência ao interpretar a família de hoje: “É preciso coragem para enfrentar seus problemas e amor para tentar resolvê-los, tendo sempre presente o Evangelho da família e da vida”.

O arcebispo defendeu uma teologia da família que toque especificamente questões da espiritualidade e da santidade conjugal; eclesiologia e pastoral da família; família e relação com a cultura contemporânea; família e migrações; família e ecumenismo, pobreza, deficiências e Criação.

O evento de Filadélfia acontecerá num momento “particularmente importante para a vida da Igreja”, completou dom Paglia. “O Papa coloca a Família no centro da atenção de toda a Igreja”, apontou, citando o Consistório de fevereiro, o Sínodo programado para outubro sobre “Os desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização”. Em outubro de 2015, enfim, haverá a Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos, também sobre a família.

A coletiva teve a presença do Prefeito de Filadélfia, Michael Nutter, e do Governador do Estado da Pensilvânia, Tom Corbett.





Fonte: Radio Vaticano
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Ter saúde é cuidar da vida
“A correria do mundo moderno muitas vezes é usada para justificar maus hábitos”.
Exercite-se para viver melhor
“Qualquer atividade é melhor que nenhuma”, lembra o personal trainer Luzielson Baracho.
Ser ético e feliz no trabalho
Trilhar o caminho do sucesso ou da realização humana é uma questão de escolha!
A vida é preciosa
Os cuidados paliativos são expressão da atitude profundamente humana de cuidar uns dos outros.
Hortelã
Existem infinitas aplicações para utilizar a hortelã.
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados