Evangelho na Comunidade

Data de publicação: 12/04/2014

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

Ano A
13 de abril de 2014

Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor

Mt 21,1-11 – Bendito o que vem em nome do Senhor. Is 50,4-7 – O Senhor abriu-me os ouvidos.
Sl 21 (22) – Anunciarei vosso nome a meus irmãos. Fl 2,6-11 – Jesus Cristo é o Senhor.
Mt 26,14 – 27-66 – Isto é o meu corpo, isto é o meu sangue.

“Quem é este homem? Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galileia.” Veja a cena a distância. Jesus, montado num jumentinho, desce o monte das Oliveiras, atravessa o vale e sobe em direção às portas da Cidade Santa de Jerusalém. Com Ele vão amigos e seguidores. Entram na cidade aclamados. Jesus é o filho de Davi, portanto, rei de Israel. Ele se comporta como quem tem uma missão a cumprir e sabe o que está fazendo. Vai ao Templo e tira de lá os que transformam a Casa de Deus em casa de comércio. É muita coragem para um simples cidadão. Israel conhecia líderes fortes, que juntavam povo e apare- ciam com a missão de libertar a nação do jugo romano. Jesus seria
mais um?

O evangelista São Mateus sublinha que tudo o que acontece com Jesus é realização das profecias feitas ao povo de Israel e o que Jesus realiza é sempre a vontade de Deus: “Não seja feito como eu quero, mas sim como tu queres. Seja feita a tua vontade”. Jesus sabe que seu “tempo está próximo” e sabe quem vai traí-lo. É claro que as autoridades não estão tranquilas. Os romanos e as autoridades do Templo se per- turbam diante do que era conhecido como “sedição” e punido com a crucifixão. Jesus é um rebelde que veio tirar o pecado do mundo.

Querer ser rei e messias era atentar contra a autoridade de dominação estrangeira e a autoridade dos sacerdotes do Templo. Jesus foi crucificado pelos romanos porque estava se tornando uma ameaça à ocupação da Palestina, e seu zelo messiânico colocava em perigo as autoridades do Templo.

A visão do homem de fé vai além da visão do historiador e do jorna- lista. Quem é este homem? É Jesus de Nazaré, o homem que se rebela contra o pecado do mundo. É alguém em tudo igual a todos por- que quis assumir essa condição, sem considerar a sua condição divina uma realidade a ser mantida distante. Ele se aproxima e sente em sua carne o pecado do mundo, o peso da maldade que é preciso tirar dos ombros dos filhos de Deus. A ação do líder forte e revolucionário se identifica com a ação de Deus, que rejeita o pecado, mas acolhe o pecador. As barbas arrancadas, os bofetões e as cusparadas são outras tantas expressões pecaminosas que tornam o ser humano abatido. O que é o pecado, e o que é o pecado do mundo? Sequestrar a criança e impor trabalho escravo são pecados, pecado que deve ser tirado do mundo, o que não acontece se não aparecer um Jesus rebelde, que aceita morrer na cruz para que tudo seja diferente. “Isto é o meu sangue, o sangue da aliança, que é derramado em favor de muitos, para remissão dos pecados.”

Iniciamos a Semana Santa com a entrada de Jesus em Jerusalém e sua morte na cruz. Na próxima semana, celebraremos a Páscoa do Senhor. Esta semana é toda ela vol- tada para o que chamamos de Mistério Pascal de Cristo. Viva hoje a pai- xão e a morte do Senhor para depois ressuscitar com Ele. Se puder, participe durante a semana das celebrações do Tríduo Sacro, sobretudo da Vigília Pascal, e cante aleluia, a vitória da vida sobre a morte. Semana Santa não é uma sema- na de férias. Viva-a como cristão. Medite, reze, celebre e ressuscite. Não deixe por menos!




Fonte: Família Cristã 939 - Mar/2014
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados