Evangelho na Comunidade

Data de publicação: 23/05/2014

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

Ano A -25 de maio de 2014
6º Domingo da Páscoa


At 8,5-8.14-17 − Eles receberam o Espírito Santo.
Sl 65 (66) − Vinde ver todas as obras do Senhor.
1Pd 3,15-18 − Recebeu nova vida pelo Espírito.
Jo 14,15-21 − Não vos deixarei órfãos, eu virei a vós.

O Ressuscitado permanece conosco. Jesus nos diz: “Se vocês me amam, vocês guardarão os meus mandamentos”. Os mandamentos do Senhor, em brevíssima síntese, assim se expressam: “Isto vos mando: amai-vos uns aos outros” (Jo 15,17). “Quem me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele”, diz ainda Jesus. Portanto, se nos amarmos uns aos outros, o Pai nos amará, o Filho nos amará e se manifestará a nós.

Como Jesus se manifesta a nós? No Defensor, o Espírito da verdade que está dentro de nós e permanece junto de nós. Jesus se manifesta em nós no Espírito Santo. Por isso não somos órfãos, nem estamos abandonados. Na Santíssima Trindade, o Espírito Santo é o amor existente na relação do Pai com o Filho e do Filho com o Pai. Sendo, pois, o mandamento de Jesus o amor fraterno, Jesus se manifesta quando o amor se manifesta. “Deus é o amor com que amamos o nosso irmão”, ensinava Santo Agostinho. Santificar Jesus em nosso coração pode significar permitir que Jesus se manifeste em nós. Ele disse: “Eu virei a vós”, significando a vinda do Espírito Santo. Santificar Jesus em nosso coração significa permitir que o amor que está em nós se manifeste. O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado, escreve São Paulo na Carta aos Romanos (cf. 5,5).

Filipe, o diácono, anunciou Jesus aos samaritanos. Em seguida, Pedro e João lhes impuseram as mãos para que recebessem o Espírito Santo. O Espírito Santo está presente e precisa ser visto e sentido. Ele se manifesta na suavidade da mansidão, do respeito e da boa consciência. Sofremos praticando o bem e não praticando o mal. É assim que damos a razão da nossa esperança. Aproximamo-nos para manifestar o Espírito, não para converter. Por ocasião da festa de São Caetano, o papa Francisco dizia aos argentinos: “Obrigado por escutar-me, obrigado por vir hoje aqui, obrigado por tudo o que trazem no coração. Jesus os ama muito. São Caetano os ama muito. Ele só lhes pede uma coisa: Que se encontrem. Que vão, procurem e encontrem quem mais necessita. Mas não sozinhos. Com Jesus, com São Caetano. Vou para convencer o outro a se tornar católico? Não, não, não! Você vai encontrá-lo, é seu irmão. Isso basta. E vai ajudá-lo, o resto Jesus faz, o Espírito Santo faz”.

Aos membros do Conselho para a Nova Evangelização, o papa Francisco pedia que não se trabalhasse de forma improvisada, mas com um bom projeto centralizado no essencial, sem dispersão em coisas secundárias. A realidade fundamental, lembra o papa, é o encontro com Cristo, com a sua misericórdia, com o seu amor, e amar os irmãos como Ele amou. Um encontro com Cristo que é também adoração e um projeto animado pela criatividade e pela fantasia do Espírito Santo, que nos impulsiona a percorrer novos caminhos, com coragem, sem nos fossilizarmos.
O amor é criativo. A energia que brota do Ressuscitado e se manifesta no dom do Espírito faz de todos os cristãos filhos do Espírito. Quem nasce do Espírito é espírito, e, se o Espírito é sinônimo de criatividade no amor, quantas iniciativas nascerão na comunidade cristã para que o mundo as veja e glorifique o Pai!

*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura




Fonte: Família Cristã 940 Abril 2014
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
SAÚDE
A biotecnologia é uma ferramenta e, como tal, deve ser cuidadosamente examinada.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados