Ano B - 21 de dezembro de 2014

Data de publicação: 19/12/2014


Cônego Celso Pedro da Silva
Arte: Sergio Ricciuto Conte

Ano B - 21 de dezembro de 2014
4º Domingo do Advento
2Sm 7,1- 5.8b-12.14a.16 – Concedo-te uma vida tranquila.
Sl 88 (89) – Cantarei eternamente vosso louvor.
Rm 16,25-27 – A Deus, a glória pelos séculos.
Lc 1,26-38 – Alegra-te, cheia de graça!

"Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.” Ao fazermos essa saudação, repetimos as palavras ditas tanto tempo atrás pelo arcanjo São Gabriel a uma moça chamada Maria, que morava em Nazaré, na Galileia. São palavras bíblicas ditas pelo mensageiro de Deus e não inventadas por nós. Há também uma saudação com mais palavras bíblicas, dessa vez proferidas por Santa Isabel, mãe de São João Batista, quando recebeu a visita de Nossa Senhora. Isabel disse a Maria: “Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre”. A esse louvor se segue uma súplica, como não podia deixar de acontecer. Desde o início os cristãos pediram a intercessão de Maria junto de Deus.

A fórmula que usamos: “Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém” se formou pouco a pouco ao longo dos séculos até 1568, quando o texto atual foi oficializado pelo papa São Pio V. Uma tradição diz que as palavras da segunda parte da Ave-Maria foram ditas pelo carmelita São Simão Stock, quando estava para morrer, em 1265. Seja lá como for, afirmamos com o Concílio de Éfeso que ela é Mãe de Deus e pedimos que rogue por nós agora e na hora da nossa morte.

Faz parte da nossa vida cristã uma sadia devoção a Nossa Senhora. Devoção sadia significa na prática saber que ela não é Deus, que ela é uma só e que é Mãe de seu filho, Jesus, e de cada um de nós. Nós, católicos, adoramos somente a Deus, que é um só em três pessoas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Os santos nós os veneramos com respeito porque foram pessoas de virtudes heroicas e nos mostram como se vive o Evangelho de Jesus. Maria é uma só, é a Mãe de Jesus, conhecida com muitos títulos e venerada com belos nomes por toda parte no mundo.

Entre nós é Nossa Senhora Aparecida, em Portugal é Nossa Senhora de Fátima, na França é Nossa Senhora de Lourdes, e assim por diante. Não são várias Nossas Senhoras. É a mesma e única pessoa com nomes e títulos diferentes. E ela é Mãe. É esse o seu primeiro e maior título. Depois vem o resto. Ela foi escolhida para ser a Mãe do Filho de Deus, que é Deus com o Pai e o Espírito Santo, por isso nós a chamamos de Mãe de Deus. Sendo Mãe, ela está ocupada e preocupada com seus filhos. Jesus, seu Filho, no alto da cruz, entregou a ela o discípulo amado, que representava toda a Igreja e cada um de nós. Sendo Mãe, ela é sensível. Corre para ajudar Santa Isabel, preocupa-se com os noivos quando faltou vinho na

festa. Ela é a primeira discípula e o modelo de todos os discípulos. Ela guarda no seu coração tudo o que diz respeito a seu Filho. Seu coração, como o dos discípulos, está cheio da presença de Jesus.

A Igreja de Jesus tem uma Mãe muito presente em sua vida. Tudo o que diz respeito à comunidade como tal e a cada pessoa em particular diz respeito a Jesus e está no coração de Maria. Seu “sim” firme e forte em resposta ao Anjo trouxe-nos o Salvador. Todas as gerações chamarão de “bem-aventurada” aquela que disse: “Fazei tudo o que ele vos disser”. Desde o início ela é cheia da graça da presença do Espírito Santo. Por isso, onde ela está, está a alegria. Quanta alegria em Aparecida, que não é apenas um templo, mas é a Casa da Mãe que abriga templos vivos, seus filhos peregrinos.

Leituras e Salmos
22 a 27 de Dezembro

2ªf.: 1Sm 1,24-28; Cânt.: 1Sm 2,1.4-7; Lc 1,46-56.
3ªf.: Ml 3,1-4.23-24; Sl 24 (25); Lc 1,57-66.
4ªf.: 2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16; Sl 88 (89); Lc 1,67-79.
5ªf.: Is 52,7-10; Sl 97 (98); Hb 1,1-6; Jo 1,1-18.
6ªf.: At 6,8-10; 7,54-59; Sl 30 (31); Mt 10,17-22.
Sáb.: 1Jo 1,1-4; Sl 96 (97); Jo 20,2-8.







Fonte: Família Cristã 947 - Nov/2014
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados