Evangelho na comunidade

Data de publicação: 16/01/2015

Ano B – 18 de janeiro de 2015

2º Domingo do Tempo Comum

Reflexão: Cônego Celso Pedro da Silva - celsopedro@uol.com.br
Arte: Sergio Ricciuto Conte - www.sergioricciutoconte.com.br


1Sm 3,3-10.19 −  “Tu me chamaste,  aqui estou”.
Sl 39 (40) – “Tua lei está no fundo do meu coração”.
1Cor 6,13c-15a.17-20 – Glorificai a Deus no vosso corpo.
Jo 1,35-42 – “Eis o Cordeiro de Deus!”.

"Samuel crescia, e o Senhor estava com ele" (ISm 3,19)


Muita gente procurou o batismo de João e seguiu adiante. Outros, porém, ficaram e se tornaram discípulos de João Batista. A estes chamamos de joanitas. Jesus surge do nada, se faz batizar por João e permanece próximo. Dizem que se tornou discípulo de João por algum tempo. O certo é que ouviu a pregação de João e conheceu seguidores do Batista. João mesmo não sabia muito de Jesus. Sabia e afirmava que depois dele viria alguém mais forte do que ele, mas quem era? No Quarto Evangelho, João diz que não conhecia Jesus e que recebeu de Deus um sinal para saber quem seria na hora em que aparecesse. João Batista vê o Espírito Santo descer como pomba e então sabe que este é o Eleito de Deus, o que batiza com o Espírito Santo. No Evangelho de Marcos, João batiza Jesus como um judeu qualquer, e quem ouve a voz e vê o Espírito é Jesus, e não João. Nós estamos acostumados com notícias e informações precisas e televisivas. O Evangelho não é noticiário e menos ainda noticiário filmado. Os fatos e as palavras estão nos ouvidos e na memória dos escritores. Organizam os relatos de acordo com a visão teológica que eles têm de Jesus. Além disso, mostram e destacam a Palavra do Antigo Testamento que se realiza nas palavras e nas ações de Jesus.

O evangelista medita a Bíblia e a vê realizada na pessoa de Jesus. O Quarto Evangelho é escrito no fim do primeiro século, talvez 50 anos depois da morte de Jesus. Muita coisa aconteceu, os cristãos se desenvolveram, se espalharam, refletiram, escreveram. O Evangelista tem uma visão de Jesus muito mais completa e vê e diz o que historicamente ninguém teria dito nem visto. Jesus está passando, e João Batista diz: “Eis o Cordeiro de Deus”. Um dia antes já tinha dito “Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo”. Esta é a visão do evangelista que escreve anos e anos depois da morte de João Batista. O que ele faz João dizer é verdade: Jesus é o verdadeiro Cordeiro imolado na Páscoa porque só ele tira de fato o pecado do mundo, e o faz com a sua morte sacrifical no altar da cruz.

Os discípulos de João conheciam Jesus ou começavam a conhecer. Nada extraordinário que alguns fossem atrás de Jesus. Isto de fato aconteceu quando André e Filipe seguiram Jesus para ver onde ele morava. Jesus se volta e pergunta: “O que vocês estão procurando?”. Sabem eles o que estão procurando? E sabem o que vão encontrar? No Quarto Evangelho, esta pergunta é a primeira palavra de Jesus: “O que estão procurando?”. Primeiro gesto de Jesus: acolhe os dois curiosos em sua casa. Era 4 horas da tarde e passam o resto do dia com Jesus. O Bom Pastor já nos dá um exemplo de pastoral prática e indica um modelo de Igreja.

No prólogo do Quarto Evangelho, lê-se que João veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos cressem por meio dele. Está começando a corrente daqueles que vão crer por meio de João. Os dois discípulos, André e Filipe, já chamam dois outros, Pedro e Natanael, e a corrente vai adiante de elo em elo, do Batista até nós. Na comunidade joanina, a do Quarto Evangelho, havia muitos joanitas. Por isso o evangelista mostra a importância do Batista e, ao mesmo tempo, mostra sua inferioridade, digna inferioridade, em relação a Jesus.


Leituras e Salmos (19 a 24 de JANEIRO)

2ªf.: Hb 5,1-10; Sl 109 (110); Mc 2,18-22.
3ªf.: Hb 6,10-20; Sl 110 (111); Mc 2,23-28.
4ªf.: Hb 7,1-3.15-17; Sl 109 (110); Mc 3,1-6.
5ªf.: Hb 7,25 – 8,6; Sl 39 (40); Mc 3,7-12.
6ªf.: Hb 8,6-13; Sl 84 (85); Mc 3,13-19.
Sáb.: Hb 9,2-3.11-14; Sl 46 (47); Mc 3,20-21.




Fonte: Familia Crista ed. 948
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados