Evangelho na comunidade

Data de publicação: 16/01/2015

Ano B – 18 de janeiro de 2015

2º Domingo do Tempo Comum

Reflexão: Cônego Celso Pedro da Silva - celsopedro@uol.com.br
Arte: Sergio Ricciuto Conte - www.sergioricciutoconte.com.br


1Sm 3,3-10.19 −  “Tu me chamaste,  aqui estou”.
Sl 39 (40) – “Tua lei está no fundo do meu coração”.
1Cor 6,13c-15a.17-20 – Glorificai a Deus no vosso corpo.
Jo 1,35-42 – “Eis o Cordeiro de Deus!”.

"Samuel crescia, e o Senhor estava com ele" (ISm 3,19)


Muita gente procurou o batismo de João e seguiu adiante. Outros, porém, ficaram e se tornaram discípulos de João Batista. A estes chamamos de joanitas. Jesus surge do nada, se faz batizar por João e permanece próximo. Dizem que se tornou discípulo de João por algum tempo. O certo é que ouviu a pregação de João e conheceu seguidores do Batista. João mesmo não sabia muito de Jesus. Sabia e afirmava que depois dele viria alguém mais forte do que ele, mas quem era? No Quarto Evangelho, João diz que não conhecia Jesus e que recebeu de Deus um sinal para saber quem seria na hora em que aparecesse. João Batista vê o Espírito Santo descer como pomba e então sabe que este é o Eleito de Deus, o que batiza com o Espírito Santo. No Evangelho de Marcos, João batiza Jesus como um judeu qualquer, e quem ouve a voz e vê o Espírito é Jesus, e não João. Nós estamos acostumados com notícias e informações precisas e televisivas. O Evangelho não é noticiário e menos ainda noticiário filmado. Os fatos e as palavras estão nos ouvidos e na memória dos escritores. Organizam os relatos de acordo com a visão teológica que eles têm de Jesus. Além disso, mostram e destacam a Palavra do Antigo Testamento que se realiza nas palavras e nas ações de Jesus.

O evangelista medita a Bíblia e a vê realizada na pessoa de Jesus. O Quarto Evangelho é escrito no fim do primeiro século, talvez 50 anos depois da morte de Jesus. Muita coisa aconteceu, os cristãos se desenvolveram, se espalharam, refletiram, escreveram. O Evangelista tem uma visão de Jesus muito mais completa e vê e diz o que historicamente ninguém teria dito nem visto. Jesus está passando, e João Batista diz: “Eis o Cordeiro de Deus”. Um dia antes já tinha dito “Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo”. Esta é a visão do evangelista que escreve anos e anos depois da morte de João Batista. O que ele faz João dizer é verdade: Jesus é o verdadeiro Cordeiro imolado na Páscoa porque só ele tira de fato o pecado do mundo, e o faz com a sua morte sacrifical no altar da cruz.

Os discípulos de João conheciam Jesus ou começavam a conhecer. Nada extraordinário que alguns fossem atrás de Jesus. Isto de fato aconteceu quando André e Filipe seguiram Jesus para ver onde ele morava. Jesus se volta e pergunta: “O que vocês estão procurando?”. Sabem eles o que estão procurando? E sabem o que vão encontrar? No Quarto Evangelho, esta pergunta é a primeira palavra de Jesus: “O que estão procurando?”. Primeiro gesto de Jesus: acolhe os dois curiosos em sua casa. Era 4 horas da tarde e passam o resto do dia com Jesus. O Bom Pastor já nos dá um exemplo de pastoral prática e indica um modelo de Igreja.

No prólogo do Quarto Evangelho, lê-se que João veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos cressem por meio dele. Está começando a corrente daqueles que vão crer por meio de João. Os dois discípulos, André e Filipe, já chamam dois outros, Pedro e Natanael, e a corrente vai adiante de elo em elo, do Batista até nós. Na comunidade joanina, a do Quarto Evangelho, havia muitos joanitas. Por isso o evangelista mostra a importância do Batista e, ao mesmo tempo, mostra sua inferioridade, digna inferioridade, em relação a Jesus.


Leituras e Salmos (19 a 24 de JANEIRO)

2ªf.: Hb 5,1-10; Sl 109 (110); Mc 2,18-22.
3ªf.: Hb 6,10-20; Sl 110 (111); Mc 2,23-28.
4ªf.: Hb 7,1-3.15-17; Sl 109 (110); Mc 3,1-6.
5ªf.: Hb 7,25 – 8,6; Sl 39 (40); Mc 3,7-12.
6ªf.: Hb 8,6-13; Sl 84 (85); Mc 3,13-19.
Sáb.: Hb 9,2-3.11-14; Sl 46 (47); Mc 3,20-21.




Fonte: Familia Crista ed. 948
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Médicos pedem misericórdia
Rejeição das famílias em doar órgãos de pessoas falecidas chega a 43% dos casos no Brasil
Saúde na UTI
Em grande parte dos países do mundo, o serviço público de saúde é considerado um dever do governo
Tristeza ou depressão
É comum as pessoas confundirem tristeza com depressão.A depressão é um estágio avançado.
Alimentação x Enxaqueca
O que se coloca no prato pode influenciar no desencadeamento e no controle da enxaqueca
Coco completo
É rico em nutrientes pois fornece proteínas vegetais, gorduras, carboidratos, vitaminas A e B
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados