Evangelho na Comunidade

Data de publicação: 07/03/2014

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

Ano A – 9 de março de 2014
1º Domingo da Quaresma


Gn 2,7-9; 3,1-7 – Criação e pecado dos primeiros pais.
Sl 50 (51) – Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar.
Rm 5,12.17-19 – Onde se multiplicou o pecado, aí superabundou a graça.
Mt 4,1-11 – Jesus jejuou durante quarenta dias e foi tentado.

Jesus em situação de vulnerabilidade. No deserto, Jesus estava em situação de vulnerabilidade, sozinho e sem alimentação. A tentação veio logo em socorro da fraqueza. O diabo se aproxima e promete pão, promete glória, promete poder. Deste ponto de partida haverá uma transferência para um ponto de chegada. Você começa aqui, passa por ali e chega ao ponto de destino. Jesus não cai na tentação e não se deixa conduzir pelo demônio. Ele possui a força da Palavra de Deus.

Uma pessoa vulnerável ou em situação de vulnerabilidade é alguém enfraquecido, com pouca ou nenhuma defesa, presa fácil de quem quiser explorá-la em benefício próprio. Povo sem instrução, sem alimentação, sem teto, sem proteção policial, sem defesa judicial, é um povo em situação de vulnerabilidade.

O chamado Protocolo de Palermo sobre o tráfico de pessoas, em especial mulheres e crianças, aprovado e promulgado pelo Brasil em 2003 e 2004, entende por tráfico de pessoas “o recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo à ameaça ou uso da força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou à situação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra para fins de exploração. A exploração incluirá, no mínimo, a exploração da prostituição de outrem ou outras formas de exploração sexual, o trabalho ou serviços forçados, escravatura ou práticas similares à escravatura, a servidão ou a remoção de órgãos”. Há necessidade urgente de “prevenir, reprimir e punir o tráfico de pessoas”. Por isso o tema da Campanha da Fraternidade deste ano.

Qual foi a conversa do demônio com os nossos primeiros pais? “A mulher viu que seria bom comer da árvore, pois era atraente para os olhos e desejável para se alcançar conhecimento.” Assim começa a conversa. Grandes promessas, todas encantadoras, bonitas e saborosas, mas enganadoras. Assim agem os fautores do trabalho escravo, da prostituição internacional, da venda de órgãos de crianças e adoções ilegais.

A humanidade toda, estabelecida numa situação de pecado, é chamada a passar para uma situação de justiça, ensina São Paulo. Na sessão plenária do Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes, o papa Francisco denunciou “a praga dos tráficos dos seres humanos”, chamando-a de uma “atividade ignóbil, uma vergonha para sociedades que se dizem civilizadas”, “num mundo onde se fala tanto de direitos”. Na luta contra o pecado do mundo e na busca de uma situação de justiça, é preciso promover a cooperação entre os países de origem, os de trânsito e de destino do tráfico humano.

Nós, em nossa comunidade, podemos começar tomando consciência da questão. Muitas vezes, as próprias vítimas não percebem a situação. São poucos os registros de casos e ainda não temos um banco de estatística dessa atividade criminosa. No mundo, calcula-se em milhões o número de pessoas em situação de tráfico. Quantos sofrem com o desaparecimento de alguém de sua família! Ajude as pessoas a não caírem em promessas de traficantes e use o Disque Denúncia Nacional.

*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura




Fonte: Família Cristã 938 - Fev/2014
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados