Evangelho na Comunidade

Data de publicação: 24/07/2014


Texto: Cônego Celso Pedro da Silva - celsopedro@uol.com.br
Arte: Sergio Ricciuto Conte - sergioriciuttoemail.it


Ano A – 27 de julho de 2014

17º Domingo do Tempo Comum

 

1Rs 3,5.7-12 – Pediste-me sabedoria.

Sl 118 (119) − Vosso amor seja um consolo para mim.

Rm 8,28-30 − Deus contemplou com seu amor, a esses que ele predestinou.

Mt 13,44-52 – O Reino de Deus é como um tesouro escondido.

 

Encontro uma pérola que vale mais do que tudo o que tenho. Vendo tudo o que tenho para ficar com a pérola. Talvez deva acrescentar algo às minhas posses para poder comprar a pérola. Depois da compra, já não tenho mais nada, mas tenho a pérola. É assim o Reino dos Céus? É, pois tendo a pérola, tenho tudo porque nela está tudo o que procuro e tudo o de que preciso. Quem é a pérola? É aquele mesmo que nos conta a parábola. É o Senhor Jesus com tudo o que ele significa de teórico e de prático, de verdades absolutas e de existência humana compartilhada.

Um homem encontrou um tesouro escondido num campo. Também ele vendeu tudo o que tinha e comprou o campo, não pelo campo, mas pelo valor do tesouro escondido no campo. O tesouro vale muito e o campo também vale. O que é este campo? É o mundo, a Igreja, a sua comunidade, a pessoa. O tesouro os valoriza, mas está oculto. Só o sábio o descobre.

Sábio é o rei Salomão, que, na existência humana, percebe o que tem valor. Deus vale, vale tudo e tudo pode, e conversa com Salomão e lhe pergunta “o que deseja?”. Na existência humana, o que vale para Deus e para o rei é o povo que Salomão tem diante de si, povo eleito e povo numeroso. Eleito por Deus, que é o seu tesouro. Numeroso de muita gente com um rei de pouca idade. Salomão sabe de seus limites, sua pouca idade, e conhece sua responsabilidade – um povo eleito e numeroso. Pede então um coração para ouvir e julgar o povo, capaz de distinguir o bem do mal. Se não fosse sábio, se não tivesse percepção do que vale e do que não vale na vida, se não valorizasse o campo que contém o tesouro, Salomão teria pedido muitos anos de vida, muita riqueza e a morte dos seus inimigos. Ao contrário, pediu sabedoria para praticar a justiça e ganhou de Deus, que é o valor absoluto, um coração sábio e inteligente.

O Apocalipse fala de mil anos de felicidades neste mundo, durante os quais o demônio estará preso e não poderá agir. Esta fala do Apocalipse gerou os milenaristas que ao longo da história mantiveram viva a esperança dos mil anos de felicidade, equivalentes ao Reino dos Céus neste mundo. Eles o viram aqui, o viram ali, esperavam-no como resultado desta eleição ou de novos sistemas de governo. Podemos esperá-lo? Podemos! Podemos desejar governantes sábios como Salomão? Podemos! Por que então dizemos que um candidato se não é corrupto, vai ser? O que estamos escolhendo por nossa herança? O rei Salomão foi idealizado pelos redatores sagrados do livro dos Reis, pois um homem assim não se improvisa. Governante civil ou religioso que sabe ouvir e discernir é graça que sai da abundância do coração de Deus e do esforço formativo de quem acredita no Reino. Tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, que predestina e chama quem queira mostrar na prática da convivência humana que a Ele nada é impossível. A sabedoria se faz necessária também em quem deseja governantes sábios.

Na vida prática, o joio surge no meio do trigo e a rede da pesca vem cheia de peixes bons e que não prestam. No fim dos tempos, se os que não prestam perseveram em sua inutilidade, joio e peixes serão separados e lançados na fornalha.

 

Leituras e Salmos

28 de julho a 2 de agosto

2ªf.: Jr 13,1-11; Cânt. Dt 32,18-21; Mt 13,31-35.

3ªf.: 1Jo 4,7-16; Sl 33 (34); Jo 11,19-27 ou Lc 10,38-42.

4ªf.: Jr 15,10.16-21; Sl 58 (59); Mt 13,44-46.

5ªf.: Jr 18,1-6; Sl 145 (146); Mt 13,47-53.

6ªf.: Jr 26,1-9; Sl 68 (69); Mt 13,54-58.

Sáb.: Jr 26,11-16.24; Sl 68 (69); Mt 14,1-12.





Fonte: FC edição 942
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados