Meu Carrinho
0 item(ns)

Central de Atendimento
0800 70 100 81 | (11) 5081-9332
WhatsApp
(11) 94569-0240
Boa tarde, visitante

Instrução Redemptionis Sacramentum - Doc. 16

Instrução Redemptionis Sacramentum - Doc. 16

Sobre alguns aspectos que se deve observar e evitar acerca da S. Eucaristia

Código: 505650

Coleção: Documentos da Igreja

Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacrament


Avaliação dos clientes:
0 1



R$ 15,30

Comprar


Não há dúvida de que a reforma litúrgica do Concílio trouxe grandes vantagens para uma participação mais consciente, ativa e frutuosa dos fiéis no santo sacrifício do altar. Entretanto, não podem passar em silêncio os abusos, inclusive de máxima gravidade, contra a natureza da liturgia e dos sacramentos, assim como contra a tradição e a autoridade da Igreja, que não raramente, em nossos dias, em vários âmbitos eclesiais, comprometem as celebrações litúrgicas.

Em alguns lugares, os abusos cometidos em matéria litúrgica são freqüentes, o que obviamente não pode ser admitido e deve cessar. A observância das normas emanadas pela autoridade da Igreja exige conformidade de pensamento e palavra, dos atos externos e da disposição de ânimo. Tudo o que é dito na presente Instrução, como o texto mesmo o assinala na introdução, procura levar a essa conformidade dos nossos sentimentos com os de Cristo, expressos nas palavras e nos ritos da liturgia.

A recente Instrução sobre a eucaristia emanada da Congregação para Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, de acordo com a Congregação para a Doutrina da Fé, depois de discorrer sobre a autoridade da hierarquia sobre a regulamentação da liturgia e o papel simplesmente participativo dos fiéis leigos, que podem, entretanto, ser chamados a atuar em casos excepcionais, lista uma série de "abusos" referentes à celebração da missa, à comunhão eucarística e a outras práticas do culto eucarístico, terminando por propor algumas pistas para a coibição de tais abusos. Conclui o Documento: mais do que a unidade, pode-se dizer, busca-se uma uniformidade no que é julgado essencial, como garantia da unificação contra os germes de desagregação tão enraizados na humanidade, por causa do pecado, conclui o Documento.

Avaliação dos clientes

Veja também

Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados
CNPJ: 61.725.214/0017-87 - Rod. Raposo Tavares, Km 19,145 – Jd. Monte Alegre - 05577-300 – São Paulo – SP
Atendimento ao cliente: 0800 70 100 81 - E-mail: livirtual@paulinas.com.br | Desenvolvido por WV Agencia e Web