BUSCA

Os muitos caminhos de Deus e para Deus

Data de publicação: 14/09/2006

imprimir

Trailer



As religiões são manifestações do humano e da experiência religiosa da humanidade e enriquecem . E "Onde houver amor, Deus aí está..." Mas há de se ter discernimento crítico. Ser tolerante com vivências espirituais e interagir com elas é diferente de ser complacente diante da oferta e demanda de mercadorias - em uma espécie de supermercado do sagrado.

A fé cristã possui categorias que lhe permitem alimentar uma atitude positiva em face do pluralismo religioso. Apresentar tais categorias e enriquecê-las é o propósito de Teologia Latino-americana pluralista da Libertação, uma obra coletiva que busca trabalhar os temas cristãos latino-americanos à luz de um paradigma pluralista.

No prefácio, Leonardo Boff destaca que persiste em setores cristãos de ortodoxia rígida a convicção de que a religião cristã representa a sanidade; só ela é portadora da pureza e da inteireza da religião verdadeira. Todas as demais são decadências com maior ou menor afastamento da essência.

Mas a pluralidade é um fato e um desígnio de Deus. As religiões são caminhos normais para Deus, que visitou os povos e as pessoas por meio delas. Por isso, nelas há santidade, graça e salvação. Não é justo pensarmos e dizermos que somente uma espécie deve prevalecer. Aliás, a pessoa e a missão de Jesus Cristo mostram-nos, entre outras coisas, que o amor divino não exclui, nem sutilmente absorve o diferente, nem simplesmente tolera muitas religiões. Por isso, a meta do caminhar inter-religioso é a polifonia a favor da vida.

Este livro chega para lembrar-nos que um dos sentidos fundamentais das religiões é alimentar a chama sagrada que arde em cada pessoa, que nada mais é que a inefável presença de Deus; é possibilitar a paz entre os povos por meio do diálogo e do estabelecimento de pontos em comum; e, finalmente, servir à vida, supremo dom do Criador.

Entende-se a Teologia da Libertação, na expressão abalizada de Leonardo Boff, como "o se perguntar em que medida as religiões, a partir de seu capital espiritual e ético, constituem forças de mobilização e transformação social que restabeleçam a justiça e a paz violadas". Não pode, portanto, permanecer ausente do diálogo inter-religioso que, no contexto da globalização, se tornou um fenômeno central, interessando a todas as formas de pensamento religioso ou teologias.

Este livro é o terceiro dos cinco volumes que integram o projeto da Comissão Teológica da ASETT (Associação Ecumênica de Teólogos e Teólogas do Terceiro Mundo) para a América Latina. O projeto propõe a discussão das questões que se colocam para a Teologia da Libertação a partir da pluralidade de religiões no mundo globalizado. Diante dessa diversidade, a grande questão é: como entendê-las como fato sociológico e também como significação teológica?

Como síntese deste terceiro volume, a Teologia da Libertação considera a pluralidade de vozes humanas um fato positivo no concerto da revelação e salvação que vem de Deus. Isso faz com que teologias cristãs na América Latina dialoguem com outros caminhos crentes que conduzem a fontes de sentido e poder sagrado. O mais significativo parece ser se deixar interpelar pela pluralidade e dar razão à esperança de uma libertação universal.

Teologia latino-americana pluralista da libertação
Organizadores: Luiza Etsuko Tomita, Marcelo Barros, José María Vigil
Formato: 14 x 21
Páginas: 312
Preço: R$ 31,80
Código: 50944-2
ISBN: 85-356-1746-9

Sala de Imprensa
Malu Delmira, Ir. Sofia, fsp e J. Fátima Gonçalves
Tel: (11) 5081-9333
e-mail: imprensa@paulinas.org.br
www.paulinas.org.br/sala_imprensa



Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Consciência negra se constrói com histórias e representatividade
No mês da consciência negra, a Paulinas apresenta uma série de livros inspirados e contatos do ponto de vista da África e dos africanos, contribuindo com a representatividade e com a auto-estima de afrodescendentes.

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados