BUSCA

Melhorar o ensino depende de paixão por educar

Data de publicação: 17/07/2006

imprimir

Trailer



As transformações de que a escola precisa nascem das aulas e dos professores. Estão dentro de cada professor. Recuperar, destacar o valor e a paixão pelo próprio trabalho exige mudança de mentalidade: deixar de esperar tempos melhores para torná-los possíveis e, sim, ter na bagagem entusiasmo, curiosidade, criatividade, escuta e muitas, muitas perguntas sobre o que, como e por que melhorar. Além disso, a felicidade dos professores é o motor do ensino.

A escola vive imersa em um tempo de vertigem e mudança. Mas existem determinadas perguntas que nunca deveriam ser abandonadas. Entre elas, por que educar? Para que educar? Como fazê-lo? Os desafios ficaram velhos, as linguagens, as formas, os conteúdos - e insistimos em continuar com eles.

As transformações de que a escola precisa nascem das aulas e dos professores. Está dentro de cada professor. Recuperar, destacar o valor e a paixão pelo próprio trabalho exigem mudança de mentalidade: deixar de esperar tempos melhores para torná-los possíveis e, sim, ter na bagagem entusiasmo, curiosidade, criatividade a escuta e muitas perguntas.

Ser professor e dirigir professores em tempos de mudança é um grande ensaio sobre a educação como tarefa de humanização. Nele, os autores nos oferecem a "arquitetura dos sonhos", dinâmica e aberta ao questionamento, ao diálogo, à escuta; e em que projeto, estratégias ou currículo se fundem com paixão, desprendimento, alegria, ternura, entusiasmo ou esperança.

É a arquitetura de um projeto comunitário de solidariedade e de esperança no qual confluem os sonhos compartilhados dos professores que trabalham em uma mesma escola, dinamizados por uma equipe de direção cuja função essencial é o apoio, o estímulo e a motivação do professorado.

Na busca de um novo modelo de direção, analisam-se os novos processos de comunicação de que hoje dispomos, sem esquecer a empatia que persiste como alma de toda comunicação. Discute-se a questão do trabalho em equipe, o papel da liderança e o clima que deve predominar na escola.

A obra se conclui com uma importante síntese em torno da idéia da educação como tarefa de humanização, que esteve sempre presente através do desenvolvimento do tema, e com preciosas indicações bibliográficas, divididas em quatro seções: direção, ser professor, educação em geral e temas vários.

Ser professor e dirigir professores em tempos de mudança
Autores: Lourdes Bazarra, Olga Casanova e Jerônimo García Ugarte
Coleção: Pedagogia e educação - Série Formação continuada
páginas: 272
Formato: 13,0 x 20,0
Código: 50940-0
Preço: R$ 25,30
ISBN: 85-356-1742-6

Paulinas Editora
Sala de imprensa
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
11-5081-9333
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
divulgação@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Francisco – O caminho das flores
“Francisco – O caminho das flores” conta a história do santo dos pobres e padroeiro dos animais com ilustrações de traços suaves e cores vivas

Era uma vez dentro de nós
“Era uma vez dentro de nós” apresenta conteúdo útil e diferenciado para líderes e empreendedores

Amores que deram certo
Um dos sacerdotes mais renomados do país, padre José Fernandes de Oliveira, conhecido como Pe. Zezinho, scj, lança mais um livro pela Paulinas Editora.

Reconto que passa
“Reconto que passa” é o novo livro de Salizete Freire Soares publicado por Paulinas Editora

O canteiro do Pentateuco
Doutor belga Jean-Louis Ska lança livro sobre Pentateuco, os cinco primeiros livros da Bíblia.

Início Anterior 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados