BUSCA

Nosso Brasil na boca do mundo

Data de publicação: 13/07/2006

imprimir

Trailer



Sou ave bonita.
Tente meu nome escrever.
Leia de trás pra frente
E o mesmo nome irá ver.

Imagine um livro com espaço de sobra para o gosto, o jogo, o doce, o espanto e uma linguagem que permite um passeio pela vida, pela lembrança... Assim é Na boca do mundo.

A pernambucana Lenice Gomes, uma incansável pesquisadora e defensora da nossa cultura popular, recria interessantes adivinhas, que provocam o espírito lúdico e a inteligência da criança, mexem com o espírito lírico poético e com a sensibilidade. Mais que isso, despertam a importância para o respeito e valorização de uma linguagem nacional genuinamente popular.

Agora imagine quatro ou cinco crianças agachadas em círculo no quintal.


Com capa não anda,
Sem capa não pode andar.
Para andar coloca-se a capa,
Tira-se a capa para andar.

Adivinhou? Difícil? Hum... Será um pião com barbante enrolado na ponteira, rodopiando, rodopiando no chão batido de terra?

Lenice resgata brincadeiras assim em cantos e contos, trava-línguas, lendas e ditados populares, apresentados sob forma poética em adivinhas lúdicas, que brincam e provocam com humor. Assim, a literatura transforma-se em um jogo de palavras repleto de musicalidade e sentidos que as crianças vão adorar! Uma imperdível viagem poética pelo nosso Brasil com "s" muito nordestino e, por isso mesmo, muito nacional.

Já na orelha do livro, ela cita o grande maestro Tom Jobim, que diz: "O Brazil não conhece o Brasil - o Brazil desconhece o Brasil..." Lenice arrisca dizer que o Brasil com "z" é um país carregado de influências estrangeiras, sobretudo norte-americanas, que escondem o que há de mais autêntico em nossa terra. Bingo" Lenice!. Por que tem que ser assim, se temos um folclore, uma história tão rica de elementos e significados?

A ilustradora Elisabeth Teixeira vai acompanhando as aventuras, jogando tons suaves nos sonhos que a amiga Lenice vai tecendo. Juntas, elas põem Na boca do mundo algumas das melhores coisas que nosso Brasil tem de melhor, mas que nem sempre olhamos com o olhar que realmente merecem, preocupados que estamos em valorizar as coisas de fora...

Título: Na boca do mundo
Autora: Lenice Gomes
Ilustrações: Elisabeth Teixeira
Coleção: Esconde-esconde - Formato: 20 x 28 cm
Código: 50926-4
ISBN: 85-356-1728-0

Paulinas Editora
Sala de Imprensa
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
(11) 5081-9333
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
divulgação@paulinas.com.br



Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

O desafio de lidar com as diferenças em sala de aula
Virou chavão falar que "todos somos iguais". Somos mesmo? As diversidades existem e não são males: o aluno desatento, o mais assíduo, o carente por afeto... Diferenças causam grandes problemas sociais: a escola não foge ao modelo social, e nela, velada ou

Por que Jesus morreu? O papel dos judeus no cumprimento de uma profecia
Por que Jesus é lembrado de modo tão singular e universal por seu sofrimento e morte, se antes e depois dele milhares de pessoas morreram igualmente de forma tão cruel? O aclamado estudioso e historiador bíblico Gerard Sloyan examina a morte de Jesus e qu

Decifra-me e ajude-me a crescer!
Criar os filhos é a tarefa mais difícil do mundo. A autora não se propõe aqui a dar respostas prontas, mas, sim, oferecer subsídios a pais, professores, pediatras, pedagogos e agentes de pastoral de forma a iluminar o aspecto mais importante de uma socied

Uma "aula" sobre Terapia assistida por animais
Auditório de Paulinas, na Zona sul de São Paulo, abre espaço para a fisoterapeuta Karen Cristina Pires falar de suas experiências com o emprego de animais como co-terapeutas nos tratamentos psíquicos e fisioterápicos de pacientes com necessidades especiai

Por relacionamentos mais afetivos e efetivos
Atividades propostas neste livro têm o objetivo de agir como ferramentas propulsoras de transformações sociais, afetivas, interpessoais e comunitárias - uma alternativa à indiferença, à massificação, à passividade e à agressividade de muitos de nossos jov

Início Anterior 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados