BUSCA

Luz para quem não pode ouvir

Data de publicação: 29/03/2006

imprimir

Trailer



São Paulo, 29 de março de 2006

Obra nos dá a oportunidade de enxergarmos nossas limitações e dificuldades em integrar o diferente em nossa vida.

Geralmente colocados às margens do mundo econômico, social, cultural, educacional e político, os surdos são tidos como pessoas deficientes e incapazes, desapropriadas de seus direitos e da possibilidade de escolhas. Em Cultura, poder e educação de surdos, a pastora batista Nídia Regina Limeira de Sá oferece a oportunidade de encarar a surdez sob uma nova luz, como característica de uma minoria que precisa ser plenamente incluída na sociedade, e nos dá a chance de enxergarmos nossas limitações e dificuldades em integrar o diferente em nossa vida. "Os surdos são especiais, não por causa da carência que os afeta, mas porque, positivamente, trazem uma rica contribuição para a sociedade no seu conjunto", ela defende.

Assim, situando-se no contexto dos estudos culturais que se têm desenvolvido na atualidade, bem distantes da pretendida neutralidade científica da modernidade, Nídia se faz porta-voz dos surdos que lutam na sociedade para ver reconhecida sua originalidade. "Deve-se que ultrapassar a retórica discursiva, que vem a ser bela e apelativa às emoções, mas que é exclusiva na medida em que nega a diferença e suas demandas", cutuca a autora, com a experiência de mãe de uma criança surda.

Tecnicamente avançada, com base numa tese de doutorado, a obra nos propicia uma maneira renovada de ver a questão das minorias e ajuda-nos a descobrir como se constrói o universo de conhecimento do surdo e, portanto, também, sua afetividade e sensibilidade. Nessa perspectiva, a autora ressalta as questões tanto da identidade surda como das formas socialmente adotadas para sua educação e integração na sociedade, vigorosamente discutidas em termos de poder ou significação social do surdo, como portador de uma identidade que contribui positivamente para a riqueza da sociedade. "Aos surdos, quando muito, o que se tem oferecido são propostas de qualificação para o 'mercado' de trabalho... Negam-se as possibilidades e os sonhos de uma escolarização completa, superior, de uma vida produtiva e digna, na qualidade de cidadãos normais, capazes", denuncia.

As reflexões de Cultura, poder e educação de surdos podem ser generalizadas para todas as pessoas especiais, de forma a que uma concepção de sociedade baseada no respeito às pessoas e na justiça se torna um fermento de profunda transformação das relações de poder tais como são vividas em nossa realidade social, dando uma contribuição original e profunda à Campanha da Fraternidade de 2006.

Título: Cultura, poder e educação de surdos
Autora: Nídia Regina Limeira de Sá
Coleção: Pedagogia e educação
Formato: 13 x 20 cm
Código: 50875-6
Preço: R$ 28,50
ISBN: 85-356-1676-4

Assessoria de Imprensa
Paulinas Editora
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
11-7203-8595 ou 5081-9333
imprensa@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Um anjo também para você
O livro “Um anjo também para você”, de Anna Maria Cànopi, lançamento da Paulinas Editora, explica as citações dos anjos no Novo Testamento, bem como traz comentários da autora com aspectos humanos da experiência da fé.

O gatinho fofoqueiro
O livro aborda de forma criativa a importância da honestidade e os danos que uma fofoca pode causar

A menina que fazia barquinhos de papel
Paulinas lança livro infantil sobre a Padroeira dos Imigrantes

Círculo bíblico missionário
Paulinas lança roteiro detalhado que auxilia nos encontros de estudos bíblicos.

Homilia - Espaço para comunicar esperança
“Homilia – Espaço para comunicar esperança”, lançamento da Paulinas Editora, mostra a importância da comunicação do Evangelho por meio da homilia nas celebrações.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados