BUSCA

A menina que fazia barquinhos de papel

Data de publicação: 27/09/2017

imprimir

Trailer


DADOS DO PRODUTO

Título: Menina que fazia barquinhos de papel (A)
Autor(a): Francesca Mascheroni
Ilustrador(a): Paola Formica
PAULINAS - LIVROS
Coleção: Sementinha
Formato: 20,0 X 23,0
Páginas: 32
Código: 531162
ISNB: 9788535643183
Preço: R$ 13,50

RELEASE


Paulinas lança livro infantil sobre a Padroeira dos Imigrantes

Livro “A menina que fazia barquinhos de papel” conta a história e as aventuras de Santa Francisca Cabrini

 

Lançamento da Paulinas Editora, o livro “A menina que fazia barquinhos de papel” retrata de forma lúdica e alegre a infância de Francisca Cabrini, conhecida como a Padroeira dos Imigrantes.

No dia de seu nascimento, pombas brancas pousaram no quintal de sua casa e esperaram pela chegada do bebê. Quando criança, Francisca manifestou, pela primeira vez, o grande sonho de viajar pelo mundo. Na casa de seu tio, ela construía pequenos barcos de papel e os colocava na água, para flutuarem seguindo a correnteza do rio.

Já na fase adulta, no Brasil, fundou o Instituto das Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, que acolhia os imigrantes italianos que chegavam à América, doentes e desamparados. Construiu também casas de acolhimento, hospitais e escolas.

Francisca Cabrini foi beatificada em 13 de novembro de 1938 e canonizada em 7 de julho de 1946 pelo papa Pio XII. Posteriormente, foi proclamada a Padroeira dos Imigrantes, e João Paulo II a reconheceu como “Missionária da Nova Evangelização” em julho de 1996.

 

Ficha técnica:

Título: “A menina que fazia barquinhos de papel – A infância de Santa Francisca Cabrini”
Autora: Francesca Mascheroni
Ilustrações: Paola Formica
Código: 531162
ISBN: 9788535643183
Páginas: 32
Edição: 1
Idioma: Português
Formato: 20 x 23 cm

Sobre a autora:
Francesca Mascheroni é jornalista, graduada em Letras com especialização em Comunicação Social pela Universidade Católica de Milão.

 

Sobre Paulinas:
Paulinas Editora é parte integrante do projeto apostólico da Pia Sociedade Filhas de São Paulo, instituição religiosa católica fundada pelo padre Tiago Alberione, com a colaboração de irmã Tecla Merlo, na Itália, em 1915, com o objetivo de evangelizar na cultura da comunicação. Referência de qualidade, ética e respeito pela diversidade cultural e religiosa, Paulinas Editora está presente no Brasil desde 1931 e, ao longo de sua trajetória, vem sendo reconhecida por sua atuação com inúmeras premiações, com destaque para oito Prêmios Jabuti – o mais importante prêmio literário do país, conferido pela Câmara Brasileira do Livro. Diversas obras também receberam a menção “Altamente recomendável” ou indicações ao “Acervo básico” da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), entre outras distinções conferidas por associações literárias nacionais e do exterior.

 

 

Contato para imprensa

Luciana Sales

Tel.: (11) 5081-9333

imprensa@paulinas.com.br



Fonte: Sala de Imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Um parentesco divino que nos pede comprometimento de filhos
Este livro surgiu como resposta aos insistentes pedidos ao autor para que registrasse as numerosas reflexões que fazia em retiros e conferências sobre o parentesco do ser humano com o Deus revelado em Jesus: o pai, o Filho e o Espírito Santo.

De excluído a agente transformador - uma trajetória possível
A eficácia de um trabalho da Pastoral da Criança em prol da diminuição do analfabetismo em comunidades carentes da periferia de Recife levou Padre Bruno Carneiro Lira a escrever este livro, que traz subsídios e sugestões para que experiências como essa se

A arte como porta-voz da natureza em agonia
O artista polonês Frans Krajcberg é um inconformado com os crimes ecológicos. Transformar em arte a natureza morta é a forma que encontrou para defender a natureza. Seja em quadros-objeto ou fotografia, seu trabalho retratando a destruição da natureza pel

Pais-professores: sem culpa ao escolher a escola para os filhos
Que tipo de escola os pais que ensinam em escolas públicas escolhem para seus filhos? Por que rejeitam para seus filhos a rede de ensino na qual trabalham? Retrato sem retoques de nossa realidade educacional, esta obra traça um perfil dos problemas enfren

A palavra levantando poeira
Fruto de um processo quase sempre meditativo, o haicai é um gênero literário de origem japonesa que procura dizer o máximo com o mínimo de palavras. Aqui, Jorge Fernando dos Santos procura exercitar o haicai com a aguçada percepção de um arqueiro que obse

Início Anterior 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados