BUSCA

LAVE AS MÃOS - Não dê carona ao “Corona” é o novo clipe e single da Bellinha a Ovelhinha

Data de publicação: 22/05/2020

imprimir

Trailer



Sempre atentas aos temas da atualidade e às questões que envolvem educação, boas maneiras, saúde, valores e formação para as crianças, a Paulinas-COMEP e a BELLINHA A OVELHINHA lançam a canção Lave as mãos – Não dê carona ao “Corona”, para ajudar no combate ao Coronavírus  (COVID-19) e às outras doenças que podem ser evitadas ou diminuído o seu contágio com o simples, mas tão importante, gesto de lavar sempre as mãos com água e sabão.

 

A canção original faz parte do livro da Bellinha a Ovelhinha “Palavras Mágicas e Boas Maneiras” – que em breve será lançado pela Paulinas Editora. Mas, diante da realidade que estamos enfrentando e da urgência do tema, a canção foi adaptada para responder à necessidade de orientar, motivar e lembrar a importância, neste momento de pandemia, do cuidado com a limpeza das mãos, a questão do distanciamento social e outros hábitos de higiene aos quais todos nós, crianças e adultos, devemos estar bem atentos para não nos esquecermos de praticá-los.

 

A letra da canção descreve de forma criativa e explicativa os cuidados para não sermos contagiados e também não sermos transmissores deste vírus. Fala da questão “afastamento ou isolamento social”, pois muitas crianças não entendem o fato de, neste momento, não poderem abraçar e beijar os avós, bem como a não cumprimentar as pessoas com “apertos de mão”. Isso tudo é cuidado, é amor, é carinho e é a melhor forma de ajudarmos na prevenção. Tudo isso vai passar, precisamos nos cuidar e cuidar uns dos outros, e depois a gente vai poder se abraçar!

 

Vamos espalhar o vírus do bem, do cuidado, do carinho com os idosos e mais frágeis, do respeito e da solidariedade.

 

LAVE AS MÃOS – Não dê carona ao “Corona”, é uma canção educativa que pode ser usado pelos pais e professores. O arranjo musical, a instrumentação e os efeitos são do criativo músico Renato Palão, que deu vida à canção da compositora Verônica Firmino. A interpretação das crianças - Heitor Cartolari Palão, Henrico Cartolari Palão e as vozes dos adultos: Andreia Zanardi e Renato Palão.

 

 O clipe está disponível no canal da Bellinha a Ovelhinha no YouTube e a música nas plataformas digitais: https://bit.ly/LaveAsMaosNaoDeCaronaAoCorona-PlataformasDigitais

 

 

LAVE AS MÃOS – Não dê carona ao “Corona”

(Verônica Firmino)

Bellinha a Ovelhinha

 

Lave as mãos com água e sabão

Lave as mãos com água e sabão

 

Ao tossir ou espirrar use um lenço ou o braço

Mas não deixe o vírus se espalhar

E ao usar as suas mãos, corra logo

Não se esqueça de rápido ir lavar

 

Molhe as mãos, feche a torneira e coloque o sabão

Esfregando bem de um lado e do outro

Entre os dedos e o punho, as unhas e o dedão

E aproveite pra cantar este refrão

 

Não abrace o vovô, não beije a vovó

Sem afagos, nem apertos de mãos

Isso é cuidado, é amor, é carinho e atenção

É o melhor jeito de ajudar na prevenção

 

Não passe as mãos nos olhos, no nariz e nem na boca

Sem antes lavá-las com cuidado

Não dê carona ao “corona” isso logo vai passar

E com amor a gente vai se abraçar

 

Ficha Técnica:

Letra e música: Verônica Firmino

Intérpretes: Crianças - Heitor Cartolari Palão, Henrico Cartolari Palão | Adultos: Andréia Zanardi e Renato Palão

Arranjo: Renato Palão

Arte e animação: Mauri Helme

Produção de vídeo: Estúdio Helme

Gravadora Paulinas-COMEP

 



Fonte: sala de imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Câmara Municipal de Niterói (RJ) aplaude o trabalho evangelizador das Paulinas
A Câmara Municipal de Niterói (RJ) concedeu moção de aplausos à Congregação das Irmãs Paulinas pelos 90 de trabalho de evangelização no Brasil.

Em solenidade marcada pela emoção, Irmãs Paulinas recebem a Medalha Pedro Ernesto na Câmara do Rio de Janeiro
Solenidade de entrega da Medalha Pedro Ernesto, a mais importante comenda da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, para a Congregação das irmãs Paulinas, com propositura do vereador Reimont.

Congregação das Irmãs Paulinas vai receber a medalha Pedro Ernesto, comenda máxima da Câmara Municipal do RJ
A Congregação das Irmãs Paulinas será homenageada com a mais alta comenda da Câmara Municipal da Cidade do Rio de Janeiro: a medalha de mérito Pedro Ernesto, pelos 90 anos de presença no Brasil.

Das origens para o mundo – Há 90 anos Paulinas marca presença missionária em terras brasileiras
Das terras maranhenses, a comemoração pelos 90 anos de caminhada das irmãs Paulinas no Brasil

Em missa em Aparecida, Irmãs Paulinas são homenageadas por seu “ardor bíblico e a comunicação que salva”
Nas comemorações dos 90 anos de presença das Irmãos Paulinas no Brasil, foi celebrada uma missa no Santuário de Aparecida (SP) no último dia 10 de outubro, presidida por Dom Orlando Brandes

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados