BUSCA

Divina vontade: lançamento de Pe. Agnaldo José para iniciar 2021 nos desígnios do Pai

Data de publicação: 20/01/2021

imprimir

Trailer



Justiça, fraternidade, solidariedade, comunhão. Certamente, palavras que estão na Divina Vontade do Senhor a fim de que a civilização do amor se concretize no seio da humanidade. Estas foram algumas das motivações para a composição do single “Divina Vontade”, de Padre Agnaldo José, em parceria com Padre Paulo Sérgio de Souza.

Motivações também encontradas na vida dos santos. Padre Agnaldo conheceu a trajetória da Serva de Deus Luísa Piccarreta e constatou uma vida totalmente entregue ao Senhor. Luísa nasceu na Itália e viveu de 1865 a 1947. Por 60 anos, permaneceu doente na cama e presenciou momentos místicos com Cristo e Nossa Senhora.

Como era analfabeta, relatava os acontecimentos aos padres que levavam-na a Eucaristia, assim como o que Jesus revelava sobre Sua Divina Vontade para ela. A partir daí, os padres que a acompanham escreveram diversos livros sobre as suas visões.

A Divina Vontade nas Escrituras e na canção - Inúmeras são as passagens bíblicas que falam da vontade de Deus no mundo e na vida de cada pessoa. Contudo, a oração do Pai-nosso, ensinada por Jesus no Evangelho, sintetiza perfeitamente o que deveria ser a vida e a oração de cada fiel: “Venha a nós o vosso Reino. Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu”. No céu, é feita a vontade de Deus com os anjos e os santos, e, na terra, homens e mulheres são chamados a fazer a vontade de Deus.

Um outro trecho sobre o tema é a afirmação de São Paulo: “Não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim” (Gal 2,20). O apóstolo registrou essa declaração muito tempo depois de sua conversão, após concluir, ao longo de todo o seu caminho, que viveu essa mística em plenitude.

Uma Divina Vontade que não se realiza apenas para si, mas para o outro: quando se ajuda um doente, um necessitado; quando, neste tempo desafiador de pandemia, abraçamos-nos espiritualmente no compartilhar das dores; quando se reza e louva comunitariamente. Foi nesse sentido que Padre Agnaldo José não esteve sozinho na gravação do single, porém contou com a participação do Ministério Excelsis, conhecido pela música “Incendeia minha alma”.

Para não esquecer - O single tem lançamento marcado para o dia 28 de janeiro e estará disponível nas plataformas digitais (https://bit.ly/DivinaVontade-PlataformasDigitais). Já o clipe, no dia 04/02, às 11h, no canal do Padre Agnaldo José no YouTube.

O clipe foi gravado nos estúdios da Paulinas-COMEP, com o Ministério Excelsis e o sacerdote posicionados em forma de círculo. Mais uma simbologia sobre a mística da comunhão.

Quem ouvir a letra, melodia, instrumentos e arranjos também perceberá essa sintonia. Uma experiência de oração, de liberdade e entrega total Àquele que deseja viver em cada coração.

 

Por Gracielle Reis


 



Fonte: sala de imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Sunny surpreende-se com a receptividade na feira
"Ulomma - a casa da beleza" é uma homenagem do autor nigeriano Sunny à Mãe África, berço da humanidade, e um convite ao resgate de elementos importantes da história e da cultura africanas, componentes de nossa formação cultural.

Dorina Nowill: graça, sabedoria e humor na Bienal
Claudia Cotes, Dorina Nowill, personagem do livro "Dorina Viu", e a escritora Elizete Lisboa estiveram presentes no estande de Paulinas na Bienal para receber os visitantes e discutir a questão da inclusão social e educacional dos deficientes visuais, no

Um pouco da magia da Amazônia no estande da Paulinas
O escritor José Arrabal compareceu ao estande de Paulinas na Bienal na tarde do úlimo dia 12 para uma sesão de autógrafos do livro "Cacuí - o curumim encantado", que conta a aventura do pequeno índio em uma aldeia perdida nas matas às margens do Rio Negro

Chapeuzinho em formas e cores
Bia Villela recbeu imprensa e visitantes no estande de Paulinas na Bienal para autógrafos de O Chapeuzinho Vermelho. O livro traz os mesmos personagens, o mesmo enredo do famoso clássico infantil dos Irmãos Grimm. Recebe, porém, formas, traços, cores e ti

Um futuro que só depende da gente
Um mundo mais humano e habitável não tem que ser um projeto de longo prazo. Ele pode ser construído aos poucos, com pequenas atitudes no nosso cotidiano, como não sujar a rua, não desperdiçar água, plantar árvores, distribuir sorrisos...

Início Anterior 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados