BUSCA

Duas obras da Paulinas Editora são escolhidas para o Clube de Leitura dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU

Data de publicação: 11/06/2021

imprimir

Trailer




Duas obras da Paulinas Editora são escolhidas para o Clube de

Leitura dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU

 Um livro traz em si um conjunto de significados. Quando é associado a uma causa justa e nobre, faz ainda mais sentido como obra literária. A Paulinas Editora tem a honra de comunicar que dois de seus livros (Donana e Titonho, de Ninfa Parreiras, e Sertão, de Fábio Monteiro) passam a integrar o Clube de Leitura dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

 Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável foram adotados por líderes mundiais na histórica Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em setembro de 2015. Os ODS são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas possam desfrutar de condições de vida com dignidade e igualdade em todos os lugares. Todos eles englobam assuntos que vão de saúde a igualdade de gêneros e educação.

 A ONU e seus parceiros pelo mundo trabalham para que seja cumprida a Agenda 2030, um plano de ação para alcançar esses 17 objetivos. São eles: erradicação da pobreza; fome zero e agricultura sustentável; saúde e bem-estar; educação de qualidade;  igualdade de gênero;  água potável e saneamento; energia acessível e limpa; trabalho decente e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; redução das desigualdades; cidades e comunidades sustentáveis; consumo e produção responsáveis; ação contra a mudança global do clima; vida na água; vida terrestre; paz, justiça e instituições eficazes e parcerias e meios de implementação.

 O livro “Donana e Titonho” está dentro da categoria “Erradicação da pobreza”, e o livro “Sertão é sugerido na categoria “Vida terrestre”. Para conhecer todos os livros sugeridos, clique no link abaixo:

https://www.cblservicos.org.br/clube-de-leitura-ods/obras-selecionadas/

 Livro Donana e Titonho

Editora: PAULINAS

Autor(es): Ninfa de Freitas Parreiras

Coleção: Espaço aberto

Donana e Titonho não enaltece a pobreza nem a desdenha, mas conta a história de brasileiros, sem maquiagem. O olhar narrativo vê, com poesia filosófica, a crueza da vida marcada de uma realidade nua.

 

Livro Sertão

Editora: PAULINAS

Autor(es): Fábio Monteiro

Coleção: Espaço aberto

Sertão toca os leitores pela singeleza da narrativa, pela árida paisagem sertaneja e pelos encantos de um menino que relata a sua amizade com um pássaro. Tonho vive no sertão e conhece um pássaro que voa por vários lugares, trazendo a ele realidades diferentes (a chuva, a guerra, a dor) e novas descobertas.

 Os livros estão à venda nas Paulinas Livrarias de todo o Brasil, pelo site paulinas.com.br ou ainda pelo 0800 70 100 81.

 Sobre Paulinas:

Referência de qualidade, ética e respeito pela diversidade cultural, Paulinas Editora está presente no Brasil desde 1931 e, ao longo de sua trajetória, vem sendo reconhecida por sua atuação com inúmeras premiações, com destaque para oito Prêmios Jabuti – o mais importante prêmio literário do País, conferido pela Câmara Brasileira do Livro –, e com participação em feiras literárias internacionais. Assume como valores em sua ação: Alegria em servir; Amor à missão; Colaboração e criatividade; Comunhão e participação; Espiritualidade; Harmonia e beleza; Ética e responsabilidade social.


 

 Contato para imprensa: Marco ASA | Tel.: (11) 5081-9333 | WhatsApp: (13) 99765-3731 | imprensa@paulinas.com.br


 



Fonte: sala de imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

De excluído a agente transformador - uma trajetória possível
A eficácia de um trabalho da Pastoral da Criança em prol da diminuição do analfabetismo em comunidades carentes da periferia de Recife levou Padre Bruno Carneiro Lira a escrever este livro, que traz subsídios e sugestões para que experiências como essa se

A arte como porta-voz da natureza em agonia
O artista polonês Frans Krajcberg é um inconformado com os crimes ecológicos. Transformar em arte a natureza morta é a forma que encontrou para defender a natureza. Seja em quadros-objeto ou fotografia, seu trabalho retratando a destruição da natureza pel

Pais-professores: sem culpa ao escolher a escola para os filhos
Que tipo de escola os pais que ensinam em escolas públicas escolhem para seus filhos? Por que rejeitam para seus filhos a rede de ensino na qual trabalham? Retrato sem retoques de nossa realidade educacional, esta obra traça um perfil dos problemas enfren

A chama, o chamado, um canto à diversidade
Um som pontuado de simplicidade, de culturas regionais, das boas coisas de nossa terra, ao ritmo do baião, do afoxé, do maracatu, misturando acordeom, metais, sopro, cordas e muita percussão. É Zé Vicente nos brindando de novo com rimas que falam de paz,

A palavra levantando poeira
Fruto de um processo quase sempre meditativo, o haicai é um gênero literário de origem japonesa que procura dizer o máximo com o mínimo de palavras. Aqui, Jorge Fernando dos Santos procura exercitar o haicai com a aguçada percepção de um arqueiro que obse

Início Anterior 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados