BUSCA

“Eu, mãe de minha sogra” – convivendo com o Alzheimer

Data de publicação: 11/11/2014

imprimir

Trailer



Em uma espécie de diário, a escritora Monica Follador narra seu cotidiano, cuidando de sua sogra com Mal de Alzheimer, ao longo de quinze anos.
A obra é uma espécie de inventário do tempo, em que a escritora passou de jovem recém-casada à eficiente cuidadora, assumindo o compromisso de acolher e cuidar de sua sogra assim que lhe foi diagnosticada a doença.

Com bom humor e muita verdade, Monica fala dos sacrifícios e das exigências, mas principalmente do amor e dos cuidados de que necessita a pessoa que sofre desse mal. Mesclando experiências pessoais e lembranças de sua mãe já falecida, discorre sobre a importância da empatia, da compreensão e da paciência para minimizar as situações críticas e sobreviver ao dia a dia.

“Eu, mãe de minha sogra” é bem escrito e muito tocante, especialmente por tratar-se de relacionamento entre nora e sogra, geralmente marcado pela intolerância e desentendimentos. A escritora não abranda os problemas, mas demonstra que é possível conviver com a doença e até mesmo transformar as dificuldades em oportunidades de crescimento, de transformação, sem sentimentalismo ou pieguice.


Obra: Eu, mãe de minha sogra
Escritor: Monica Follador
Coleção: Superação


Fonte: Sala de imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Consciência negra se constrói com histórias e representatividade
No mês da consciência negra, a Paulinas apresenta uma série de livros inspirados e contatos do ponto de vista da África e dos africanos, contribuindo com a representatividade e com a auto-estima de afrodescendentes.

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados