BUSCA

"A vida não inicia, a vida transmite-se."

Data de publicação: 11/05/2007

imprimir

Trailer



Às vezes, paro e me pergunto: Quem sou eu? Para a biologia, um óvulo fecundado. Para a psicologia, um ser em contínuo conflito... No silêncio do meu coração, escuto uma voz; é a resposta de Deus: "Tu és meu filho... te amei desde a eternidade".

Os avanços da biotecnologia trazem à sociedade polêmicas e discussões filosóficas, éticas, sociais e jurídicas em todos os níveis. Ciência e tecnologia impuseram procedimentos e atividades, abrindo espaço para questionamentos sobre quando, de fato, começa a vida. Para muitos, entretanto, toda forma de manipulação genética - como clonagem, aborto, células-tronco, etc. - fere a dignidade e os direitos da pessoa, pois relega ao embrião a condição de "produto".

Embora não se apresente como um "tratado de bioética", o livro O embrião humano - Na fecundação, o marco da vida, de Giovanni Cipriani, é uma exposição acerca do conceito de biologia e filosofia sobre o embrião humano, tendo presente dados mais recentes da ciência, e a contribuição da fé. A embriologia nos diz quando a inicia a vida, mas não diz se essa vida é também "pessoa". Papel da filosofia. Aos dados da biologia e da filosofia, porém, a teologia acrescenta mais um: a vida é sagrada, é dom de Deus, por isso, é preciso respeitá-la sempre.

Para o autor, na busca de uma resposta sobre considerar ou não o embrião humano pessoa, parece insuficiente adotar um único método de investigação, um único indicador, como o de tipo anatômico-morfológico (a linha primitiva). Somente a biologia, com seus métodos (microscópicos, anatômicos, morfológicos, histológicos ou citológicos), não consegue explicar a complexidade do processo que, do zigoto, leva à forma definitiva do ser humano. Essa ciência precisa de outros métodos de investigação e da filosofia. Por isso, impõe-se uma aproximação interdisciplinar que nos leva, com o apoio da filosofia, a responder positivamente à questão que está na base de toda orientação dessa matéria.

Sob a ótica cristã, Cipriani cita os problemas das células-tronco e dos fetos anencéfalos, passa pelo planejamento familiar, uso de contraceptivos, clonagem, pílula do dia seguinte e reprodução humana assistida. E arrisca: "A vida não inicia, a vida transmite-se." À origem de toda pessoa está um ato criativo de Deus: nenhum ser humano vem à existência por acaso, ele é sempre o término do amor criativo de Deus.

Embrião humano - Na fecundação, o marco da vida
Autor: Giovanni Cipriani
Editora: Paulinas
Coleção: Ética
Preço: R$ 21,50
Páginas: 136
Código: 51102-1
ISBN: 978-85-356-1887-7

Sala de Imprensa
Paulinas Editora
J. Fátima Gonçalves, Taís Gonzaléz e Ir. Ana Sofia, fsp
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
divulgação@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Um anjo também para você
O livro “Um anjo também para você”, de Anna Maria Cànopi, lançamento da Paulinas Editora, explica as citações dos anjos no Novo Testamento, bem como traz comentários da autora com aspectos humanos da experiência da fé.

O gatinho fofoqueiro
O livro aborda de forma criativa a importância da honestidade e os danos que uma fofoca pode causar

A menina que fazia barquinhos de papel
Paulinas lança livro infantil sobre a Padroeira dos Imigrantes

Círculo bíblico missionário
Paulinas lança roteiro detalhado que auxilia nos encontros de estudos bíblicos.

Homilia - Espaço para comunicar esperança
“Homilia – Espaço para comunicar esperança”, lançamento da Paulinas Editora, mostra a importância da comunicação do Evangelho por meio da homilia nas celebrações.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados