BUSCA

Caleidoscópio: fragmentos e mistérios do saber

Data de publicação: 14/02/2007

imprimir

Trailer



No afã de conhecer e desvendar os mistérios do mundo, o ser humano seccionou de tal forma o objeto de seu conhecimento que, ao final, quase nada restou do que queria conhecer.

Uma garotinha ganha um presente inusitado, um objeto diferente e desconhecido. Parece uma luneta. Não é. É um tubo coberto com papel-couro-de-cobra. "Ca-lei-dos-có-pio", disseram, objetivos, certeiros. O nome não era a coisa. O que se vê em seu interior são lindas flores estreladas e coloridas, que mudam, se multiplicam e nunca se repetem. Parecem infinitas!

Intrigada e curiosa, a menina mexe e remexe, tentando entender o que é, afinal, aquele misterioso objeto. A ansiedade a induz a desmontá-lo, mas, então, nada mais resta, só estilhaços de vidro colorido. Cadê as flores? Como fugiram dali?

Os fragmentos não formam mais a coisa em si, e revelam a fragmentaridade do saber, do mundo, do ser humano. Porque o todo é mais do que a soma das partes. De forte inspiração poética, o conto Caleidoscópio, de Jane Pinheiro, expõe com sensibilidade o confronto entre as percepções exteriores e o universo interior.

Assim, como o universo poético e cheio de segredos que nos cerca, o caleidoscópio transforma-se a cada olhar que debruçamos sobre ele, permanecendo sempre o mesmo. Neste conto, Jane o recupera como um convite a pensarmos sobre como costumamos agir diante dos mistérios que a vida nos oferece.

Ao mesmo tempo, é uma resposta ao apelo do meio acadêmico aos estudos transdisciplinares, à volta da sensibilidade à ciência e a uma maior comunicação entre ciência e arte.

Sempre fascinada pelo caleidoscópio, Rosinha Campos soltou a imaginação e as cores. Foi buscar na infância, nos brinquedos populares e nos bordados da mãe a inspiração para as ilustrações.

Intencionalmente, seus delicados bordados sobre fuxicos e pedrarias têm o formato do próprio caleidoscópio e promovem um diálogo entre forma e conteúdo, texto e imagem, entre o objeto e sua representação artística, entre ciência e arte.

Livro: Caleidoscópio
Autora: Jane Pinheiro
Ilustradora: Rosinha Campos
Editora: Paulinas
Coleção: Cavalo Marinho - série Re-Verso
Páginas: 24
Formato: 15,5 x 23,0
Código: 50920-5

Sala de Imprensa
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
saladeimprensa@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Consciência negra se constrói com histórias e representatividade
No mês da consciência negra, a Paulinas apresenta uma série de livros inspirados e contatos do ponto de vista da África e dos africanos, contribuindo com a representatividade e com a auto-estima de afrodescendentes.

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados