BUSCA

A busca pelo Jesus da história

Data de publicação: 16/10/2006

imprimir

Trailer



A água é bem mais pura e transparente quanto mais próxima de sua nascente.

A pessoa de Jesus encanta e conquista. A beleza de sua mensagem, a novidade de sua prática, o radicalismo e a coerência de sua vida exerceram e continuam exercendo um fascínio incomum. Inúmeros seguidores apaixonados fizeram de seus ensinamentos a regra de suas vidas, cada um olhando para Ele de uma forma diferente.

Foi considerado o Mestre, o sábio, o profeta, o revolucionário, o curandeiro, o subversivo, o Filho de Deus. Com o passar do tempo, novos traços que somente a fé pode explicar foram acrescidos à sua imagem, até que o Jesus da fé, o Jesus imaginado tornou-se mais importante que o Jesus da História. Desse modo, o imaginário cristão e popular vai se enriquecendo e recriando nas várias imagens de Jesus, fruto da fé do povo.

O livro Anjos e Messias procura responder a duas intrigantes questões: Quem era Jesus de Nazaré para seus contemporâneos? E como passou a ser considerado o Filho de Deus? O autor Luigi Schiavo enfatiza que, segundo a literatura judaica e cristã do século I, o poder extraordinário de Jesus, manifestado em sua palavra e atividade taumatúrgica, era próprio dos seres divinos esperados para os fins dos tempos: os anjos messiânicos, Miguel, Melquisedec, o Filho do Homem.

O trabalho de Schiavo insere-se na grande corrente moderna denominada "a busca pelo Jesus da história". Ajudado pelo instrumentário das modernas ciências historiográficas, bíblicas, antropológicas e da leitura comparada de textos sagrados, considera as origens da fé em Jesus, o Cristo, privilegiando os movimentos messiânicos do judaísmo tardio, tendo como referência as fontes canônicas e os livros apócrifos e pseudepígrafos do Antigo e do Novo Testamento.

Em busca pelo Jesus da história, o autor de Anjos e Messias resume a evolução da exegese; analisa, como Jesus foi compreendido à luz do judaísmo; faz uma análise do "movimento de Jesus"; e traça as principais etapas do processo por meio do qual se elaborou a doutrina cristã a respeito de Jesus, a cristologia, valorizando o perfil que nos permite traçar de Jesus a fonte comum a Mateus e a Lucas, denominada fonte Q.

Por fim, insiste na continuidade entre a tradição judaica de matriz apocalíptica e o movimento palestino de Jesus, como um movimento de cunho apocalíptico-escatológico.

Apesar das dificuldades de reconstruir o Jesus da história em razão da falta de fontes diretas e primárias, acreditamos que vale a pena tentar, pela importância que Jesus representa para todos nós, convictos de que a água é bem mais pura e transparente quanto mais próxima de sua nascente.

Título: Anjos e messias - Messianismos judaicos e origem da cristologia
Autor: Luigi Schiavo
Editora: Paulinas
Coleção: Bíblia e História
Páginas: 192
Preço: R$ 23,50

Sala de Imprensa
Paulinas Editora
Malu Delmira, Ir. Sofia, fsp e J. Fátima Gonçalves
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
imprensa@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

O rádio como apoio ao anúncio da Palavra
Este livro é um subsídio destinado a quem faz programas religiosos no rádio e deseja contribuir para que seus ouvintes conheçam melhor a Palavra de Deus.

A questão ambiental lado a lado com o progresso
O livro "A consciência ecológica na administração" se propõe a contribuir com empresas, poder público e todos os que se interessam pela preservação do meio ambiente, sem a necessidade de abrir mão do progresso.

Ver o mundo como uma gostosa brincadeira
Em "Badulaques e Traquitanas", a construção sutil de palavras e frases, em perfeita consonância e interatividade com as ilustrações do autor, permite ao jovem leitor a exploração de múltiplos significados.

A deficiência no cotidiano das crianças
Assim como entre várias espécies de flores ou de animais é possível observar características tão diferentes, também entre os seres humanos os traços étnicos ou biológicos identificam visualmente o quanto cada pessoa é única e especial - ou melhor, excepci

Até que a crise nos separe
Diante de tantas crises e da desilusão que parecem atingir tantos casais, ficam no ar as perguntas: O que aconteceu? Onde e quem cometeu o erro que destruiu os sonhos de um amor eterno? Muitas vezes, leva-se adiante uma relação por comodismo, hábito...

Início Anterior 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados