BUSCA

Saber estar só para estar bem com o outro

Data de publicação: 20/09/2006

imprimir

Trailer



A solidão é a mais freqüente entre as causas de suicídios e de tentativas de suicídio, e sua relação com a depressão e baixa auto-estima é forte e complexa.

Até bem pouco tempo o "sentir-se só" não era encarado como dificuldade específica da vida pessoal e de relação. Nas duas últimas décadas, pelo contrário, uma série de pesquisas traça o perfil das variadas formas de solidão e do sofrimento que as acompanham.

Parece ser um mal da sociedade atual, em que os meios de comunicação parecem maximizar as possibilidades de romper as barreiras da solidão individual. O sentimento de solidão não poupa ninguém e, nas formas mais graves, até a saúde física parece correr maiores riscos, pois a sensação de isolamento vem acompanhada de sérios distúrbios psíquicos e físicos.

O livro Sentir-se só, de Maria Miceli e editado por Paulinas, é um consistente estudo que se ocupa do sofrimento da solidão. Trata tanto da "solidão" quanto do "sentir-se só" e de suas implicações; faz um paralelo desse sentimento com a pouca competência social, a baixa auto-estima e a depressão; e, ainda, aprofunda as diversas estratégias adotadas para não nos sentirmos só;

Analisa também a relação entre esse sentimentos e as diferenças de sexo, estado civil, de idade, assim como entre a solidão e a frustração das necessidades afetivas e sociais. Nesse ponto, procura compreender o papel que desempenham, em tudo isso, nossas aspirações, nossos desejos, nossas expectativas sobre os outros e sobre as relações com eles, e a importância que têm as explicações que damos a nós mesmos quando tais expectativas são frustradas.

Discute o contexto atual com especial atenção à internet, poderoso instrumento contra a solidão, em razão da facilidade, variedade, número de contatos potenciais que permite, mas que, como toda tecnologia, oferece igualmente riscos nada imaginários.

A autora quer dar voz a tantas "solidões" e as diversas formas que as acompanham, analisando o fenômeno dos que se sentem só com o respeito que todo sofrimento merece, sem retórica nem complacências excessivas, e com o desejo de oferecer ao leitor um ponto de partida para reconhecer alguma coisa de si mesmo nas suas experiências de solidão.

Sugere como exame da solidão, por exemplo, a importância de saber estar só, sem temer nem evitar o isolamento físico como se fosse o pior dos males ou um sinal sensível de nossa falência social ou afetiva. E acredita que compreender a solidão pode ajudar a perceber o que desejamos ou esperamos dos outros.

Título: Sentir-se só
Autora: Maria Miceli
Coleção: Aspectos de psicologia
Editora: Paulinas
Páginas: 192
Preço: R$ 19,90
Formato: 14 x 21
Código: 50982-5
ISBN: 85-356-1783-3

Sala de Imprensa
Malu Delmira, Ir. Sofia, fsp e J. Fátima Gonçalves
Tel: (11) 5081-9333
e-mail: imprensa@paulinas.org.br
www.paulinas.org.br/sala_imprensa


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Consciência negra se constrói com histórias e representatividade
No mês da consciência negra, a Paulinas apresenta uma série de livros inspirados e contatos do ponto de vista da África e dos africanos, contribuindo com a representatividade e com a auto-estima de afrodescendentes.

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados