BUSCA

Pais-professores: sem culpa ao escolher a escola para os filhos

Data de publicação: 28/08/2006

imprimir

Trailer



Quero o melhor para o meu filho, mas não tenho como dar o melhor para o filho dos outros

A escolha do estabelecimento de ensino para os filhos preocupa de tal maneira as famílias de hoje. Isso decorre, sem dúvida, da crescente centralidade da escola na vida da família contemporânea, como resultado tanto do lugar que a criança passou a ocupar na esfera familiar quanto da importância cada vez maior da escolarização para a futura inserção no mercado de trabalho.

Já na década de 90 houve uma fuga da escola pública por parte das frações das classes médias, revela um estudo do economista Carlos Alberto Ramos, do IPEA. "Quem pode evita", resume ele, referindo-se à escola pública. Baixos salários e péssimas condições de trabalho são os problemas mais citados quando se quer analisar as causas da pífia qualidade da rede de ensino público no Brasil.

Mas quem se dispõe a atuar na rede de ensino público enfrenta muito mais que isso: dificuldade de ensinar alunos de camadas sociais desfavorecidas, falta de interesse desses alunos pelos estudos, indisciplina, violência, falta de segurança nas escolas, administração insensível aos problemas, burocracia que entrava o processo de trabalho, pais omissos, críticas da opinião pública, classes superlotadas, falta de perspectiva de ascensão na carreira, isolamento em relação a outros professores ou falta de uma rede social apoio, preparo inadequado...

Em Os professores da escola pública e a educação escolar de seus filhos, Rosemeire Reis produz um retrato sem retoques de nossa realidade educacional; traça um perfil dos problemas enfrentados na escola pública, mostra como o desestímulo e a desesperança afetam o desempenho dos docentes e faz uma descoberta interessante e desconcertante: quem ensina na escola pública coloca seus filhos na escola particular.

Eis aí um duro golpe na imagem social desse serviço público, já que nem mesmo - ou por isso mesmo - seus próprios profissionais lhe concedem o crédito da entrega de seus filhos. Diante de tantos e tão graves problemas, como culpá-los por rejeitarem esse ambiente escolar para os próprios filhos?

Na contramão do desinteresse do pesquisador brasileiro pelo tema, a autora acena para a escolarização com que sonham e a que buscam para seus filhos. À custa de árduos sacrifícios econômicos, optam pela escola particular (os que, por razões financeiras, não podem fazê-lo, gostariam de podê-lo) para oferecer-lhes oportunidades educacionais que consideram superiores às que são obrigados a oferecer.

Vale lembrar que parte das desigualdades sociais de escolarização passa pelo aspecto do estabelecimento de ensino freqüentado, como atestam implicitamente as políticas de ação afirmativa, no vestibular, voltadas para alunos da rede pública.

A partir de depoimentos de professores, a autora demonstra que, se a qualidade do ensino é critério importante de escolha, ela se conjuga fortemente a outros na hora de decidir pela escola particular, como a preocupação com a segurança dos filhos - dentro e nas adjacências do estabelecimento; condições disciplinares com o tratamento dispensado ao aluno - individualizado ou massificado, etc.

Esta obra merece ser lida, pois temos a convicção de que só um conhecimento profundo do atual estágio do ensino público no Brasil pode levar à sua transformação.

Título: Os professores da escola pública e a educação escolar de seus filhos
Autora: Rosemeire Reis
Coleção: Pedagogia e educação
Formato: 13 x 20
Páginas: 256
Preço: R$ 21,90
Código: 50911-6
ISBN: 85-356-1711-6

Sala de Imprensa
Paulinas Editora
Malu Delmira, Ir. Sofia e J. Fátima Gonçalves
11-5081-9333
imprensa@paulinas.org.br
www.paulinas.org.br/sala_imprensa


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

É mamífero que fala, né?
Lançamento da Paulinas Editora, o livro chega às livrarias e lojas on-line com uma proposta inusitada: falar de aleitamento materno diretamente para as famílias, especialmente para as crianças, empregando uma linguagem carinhosa, cuidadosa e acessível.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados