BUSCA

Pode ouvir que vale a pena!

Data de publicação: 16/06/2006

imprimir

Trailer



"Queremos fazer pensar os cristãos e as pessoas fora da Igreja, mostrar-lhes que todos nascemos para algo mais, que é possível ser moderno com valores, independentemente da religião ou da falta dela."

Brasília sempre foi considerado um celeiro quando o assunto é música popular brasileira. E é de lá uma das mais recentes novidades: a Banda Shemah!, palavra em hebraico que quer dizer "escuta", "ouve". Formada por sete jovens com idades entre 23 e 28 anos, ela se lançou a um desafio que não é dos menores: quer falar de Deus, de amor, de esperança, de paz, sutil ou declaradamente, principalmente ao público secular; temperar os versos com a musicalidade típica dos brasileiros, de forma a atingir em cheio especialmente os jovens e adolescentes, sem todavia, ser tachada de "mais uma banda de MPB". A banda Shemah!, que lança o CD homônimo pela Paulinas-COMEP traz propostas diferentes dos trabalhos já existentes no meio religioso e também no meio secular.

O grupo iniciou trajetória no final de 1998, quando foi convidado a fazer os arranjos de uma coletânea das melhores músicas do festival do Movimento Escalada, da Arquidiocese de Brasília. "Surgimos na Igreja, sim, somos pessoas de vivência na fé, buscamos a intimidade com Deus... Queremos fazer pensar os cristãos e as pessoas que estão fora da Igreja, mostrar-lhes que todos nascemos para algo mais, que é possível ser moderno com valores, independentemente da religião ou da falta dela. A mensagem de vida, amor e misericórdia de Deus precisa estar mais acessíveis ao meio secular", explica a cantora e compositora Letícia Castro.

Ela acredita que nada melhor do que a arte para provocar nas pessoas uma vontade de agir diferente, de assumir posturas segundo o que dizem acreditar, de prestar atenção em coisas que passam batidas. O CD Shemah! é a síntese dessa proposta. Num tempo de tantas discórdias, as músicas chamam a atenção para o amor. Embora Letícia seja a titular de grande parte das composições, todos discutem o conteúdo, a filosofia das mensagens. O resultado são letras profundas em uma fusão de black music, rock, jazz, MPB, música erudita e até canto coral com arranjos a cinco vozes e combinações ousadas, como a guitarra e flauta, vocais com rock...

Paulo Santos, o Paulão, um dos fundadores da banda ao lado de Letícia Castro, provou porque é chamado "mestre das harmonias". Definiu a sonoridade com inusitados arranjos vocais e harmonias. O clássico de Gonzaguinha "O que é, o que é", por exemplo, ganhou nova e criativa roupagem do guitarrista e vocalista e tornou-se um dos grandes destaques deste CD. A flautista e vocalista Marina kohlsdorf conferiu ao instrumento um "caráter de percussão", muito mais que melódico, resultando em uma sonoridade ímpar. Completam o time Tiago Cardoso, nos violões e vocal; David Reis, no teclado, piano e vocal; Nando Lima, no baixo; e Cláudio Lemos, na bateria; Para a gravação da bateria, a banda contou com Giba Favery, músico convidado. Todos, a seu estilo, tornam este CD único, diferente, inédito. Escuta! Ouve! Vale a pena!

Informações
Paulinas-COMEP
11-5081-9333


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Cassiano Menke estreia na Paulinas-COMEP com álbum “Decididamente”
“Decididamente” é fruto de uma determinação de Cassiano Menke de colocar os talentos musicais a serviço do Reino de Deus. Este é o primeiro álbum do cantor e compositor e está entre os lançamentos de 2019 da gravadora Paulinas-COMEP.

A musicalidade sem fronteiras do choro é a marca do grupo “Trinca Brasil”
CD lançado pela gravadora Paulinas-COMEP apresenta um concerto de choro, reunindo o trio de instrumentistas Toninho Carrasqueira, Guilherme Sparrapan e Edmilson Capelupi.

Alencastro comemora seus 40 anos de carreira com CD de músicas do padre Zezinho
O CD “Alencastro interpreta Pe. Zezinho, scj” é uma superprodução do artista, em conjunto com a gravadora Paulinas-COMEP, que contou com os arranjos de Tutuca Borba, maestro e arranjador do cantor Roberto Carlos, e backing vocals das Cantores de Deus.

CD “Maria passa na frente – Novena, terço e canções”
O CD “Maria passa na frente – Novena, terço e canções” é uma oportunidade de rezarmos juntos, pedindo não só por nossas necessidades particulares, mas por todas as pessoas que enfrentam situações difíceis nas diversas áreas da vida.

CD “Eis-me aqui, Senhor”
Corais da Arquidiocese de Campinas e do Pateo do Collegio se unem para interpretar os louvores de Marco Frisina em CD inédito.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados