BUSCA

Festas Juninas

Data de publicação: 14/06/2006

imprimir

Trailer



Nem tem porque! Saúde e talento Mario Zan esbanja, pois de acordo com sua filha Mariângela, regularmente vai ao médico e se alimenta muito bem. Por mês, são entre cinco e seis shows que podem chegar a bem mais durante as festas juninas, melhor época do ano também para venda de seus discos com músicas de quadrilha.

Há mais de 50 anos, ele compôs o hino dos 400 anos de São Paulo e meio século mais tarde criou uma música em homenagem aos 450 anos da mesma cidade. É também de sua autoria Chalana e Nova flor, esta última gravada por mais de 200 intérpretes, com versões em espanhol (mais conhecida do que a original), inglês e alemão.

Pela gravadora Paulinas-COMEP, Mario Zan lançou seu segundo CD, Festas Juninas, com a participação especial de Eli Correa, marcando a quadrilha. O primeiro foi Tradição Brasileira que traz em seu repertório as obras-primas: Quarto centenário, Chalana, Arroz a carreteiro, Festa na roça e Sou gaúcho.

Se no Nordeste brasileiro a quadrilha é marcada por um ritmo mais acelerado pelo tambor e triângulo, no Sudeste, Centro-Oeste e Sul do país, o que é imprescindível é o som da sanfona de Mario Zan. O CD, Festas Juninas, só de medleys, reúne o que há de melhor para se realizar uma quadrilha e uma noite com muita dança e animação.

A faixa n.º 1 (18'22") traz a quadrilha completa, marcada por Eli Correa, com três composições de fundo: Dançando a quadrilha, Arrasta pé na tuia e Sapecando; em seguida vem uma Quadrilha, somente instrumental, que é para festas que já tenham um marcador; Com 5'27", a terceira faixa vem como medley de três músicas: Noites de junho, de João de Barro e Alberto Ribeiro, Chegou a hora da fogueira de Lamartine Babo, e Pedro, Antônio e João de Oswaldo Santiago e Benedicto Lacerda; Festa do interior, de Moraes Moreira, Abel Silva, Olha pro céu, de José Fernandes e Luiz Gonzaga, e Naquele São João de Antônio Barros, compõem a faixa quatro, com 7'21" de muito forró. A próxima tem duração de 5'11" e vem com Balão bonito, de Zan e Messias Garcia, Os três santos, de Mauro Pires e Messias Garcia, Recado a São João de Mário Aguinaldo e Osmar Zan. A sexta faixa - 6'40" - traz Arroz a carreteiro de Mario Zan e Palmeira, Sou roceira de Capitão Furtado e Mario Zan e Vanerão rasgado de Joel Marques e Jotha Luiz; na última faixa constam a tradicional Pula a fogueira de Amor e João Bastos Filho, É madrugada de Antônio Barros e, por fim, Arraial de Santo Antônio - instrumental - de Frederico de Freitas e Júlio Dantas fecham o repertório, num medley de 6'41". Ao todo são mais de sessenta minutos de pura animação.

Basta agora organizar a sua festa junina na empresa, na escola ou na comunidade. Contatos para shows pelo fone (11)222-1731, com Mariângela Zan.


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

CD “Eis-me aqui, Senhor”
Corais da Arquidiocese de Campinas e do Pateo do Collegio se unem para interpretar os louvores de Marco Frisina em CD inédito.

Amigos do coração
A gravadora Paulinas-COMEP tem a alegria de apresentar um novo álbum musical: “Amigos do coração – Pe. Zezinho, scj, e Dehonianos em canção”. Trata-se de um álbum celebrativo da Congregação dos Dehonianos, sacerdotes e irmãos do Sagrado Coração de Jesus.

Em Sintonia com Deus - Coletânea
As gravadoras Canção Nova e Paulinas-COMEP têm a imensa alegria de apresentar ao público mais um álbum de Pe. Jonas Abib e Pe. Zezinho, scj: “Em sintonia com Deus”.

O Terço da Saúde - Orações e canções
Paulinas-COMEP apresenta o EP “O Terço da Saúde”, um álbum para rezar e cantar pedindo a saúde física, espiritual, psíquica, bem como para agradecer por este bem precioso mantido ou recuperado com a ajuda das ciências e seus meios e da oração.

CD O santo querido do povo
O cd traz canções inspiradas na Palavra de Deus e na fé do povo, que recorre a Santo Antônio confiando em sua intercessão.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados