BUSCA

Doutrina Social da Igreja reivindica a união entre ética e política

Data de publicação: 26/12/2005

imprimir

Trailer



São Paulo, 26 de dezembro de 2005

A obra objetiva subsidiar um discernimento capaz de assumir alguns desafios decisivos e de grande importância para a sociedade

         Após cinco anos de reflexão, estudo e trabalho intelectual intenso, a Igreja Católica disponibiliza aos católicos, demais cristãos e a todas as pessoas comprometidas com a humanização e promoção do bem social de todos, a Doutrina Social da Igreja, elaborada pelo Pontifício Conselho Justiça e Paz.
       De acordo com o Cardeal Renato Raffaele Martino, presidente do Pontifício Conselho, a maior dificuldade enfrentada foi a de que se tratou de um documento sem nenhum precedente na história da Igreja. Ademais foi necessária muita reflexão para ordenar algumas complexas questões epistemológicas relativas à natureza mesma do corpus desta doutrina; para dar ao documento uma dimensão unitária e universal, apesar dos numerosos aspectos e das infinitas diversidades em que se declina a realidade social no e do mundo; bem como para oferecer um ensinamento que resistisse ao desgaste do tempo, numa fase histórica caracterizada pela fugacidade e rapidez das mudanças sociais, econômicas e políticas da contemporaneidade.
         O Compêndio se estrutura em: Introdução e três partes: - os pressupostos fundamentais da doutrina social da Igreja; - conteúdos e temas clássicos da doutrina social; - indicações para o uso da doutrina social na prática pastoral e na vida dos cristãos. A conclusão, que tem como título "Para uma civilização do amor", manifesta o entendimento de fundo de todo o documento.
             Originada de um profundo discernimento dos sinais dos tempos, a Doutrina Social da Igreja objetiva subsidiar uma percepção capaz de assumir alguns desafios decisivos e de grande importância para a sociedade, quais sejam:     - o desafio cultural, que demanda atenção à interdisciplinaridade e o encontro do Evangelho com as culturas; - o desafio da superação da indiferença ética e religiosa e da necessidade de uma renovada colaboração inter-religiosa; - e, por fim, o desafio pastoral de consolidação da doutrina social na própria missão da Igreja.
          Como conclusão o documento afirma que o testemunho pessoal, fruto de uma vida cristã profunda e madura, não pode deixar de se cimentar também com a construção de uma nova civilização, em diálogo com as disciplinas do saber humano, com as outras religiões e com todos os homens e mulheres de boa vontade pela realização de um humanismo integral e solidário.

Livro: Compêndio da Doutrina Social da Igreja
Org.: Pontifício Conselho "Justiça e Paz"
Páginas: 528
Preço: R$ 45,40

Paulinas Editora
Departamento de Comunicação
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
imprensa@paulinas.com.br
Tel: (11) 5081-9333 / 7203-8595


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Francisco – O caminho das flores
“Francisco – O caminho das flores” conta a história do santo dos pobres e padroeiro dos animais com ilustrações de traços suaves e cores vivas

Era uma vez dentro de nós
“Era uma vez dentro de nós” apresenta conteúdo útil e diferenciado para líderes e empreendedores

Amores que deram certo
Um dos sacerdotes mais renomados do país, padre José Fernandes de Oliveira, conhecido como Pe. Zezinho, scj, lança mais um livro pela Paulinas Editora.

Reconto que passa
“Reconto que passa” é o novo livro de Salizete Freire Soares publicado por Paulinas Editora

O canteiro do Pentateuco
Doutor belga Jean-Louis Ska lança livro sobre Pentateuco, os cinco primeiros livros da Bíblia.

Início Anterior 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados