BUSCA

O encanto das fábulas para crianças de qualquer época

Data de publicação: 26/12/2005

imprimir

Trailer



São Paulo, 26 de dezembro de 2005

O encanto das fábulas para crianças de qualquer época

"Histórias trazidas por um cavalo-marinho" contém fábulas que revelam verdades eternas e universais sobre a natureza humana.

O mito e a narrativa mítica teriam ainda algo de valor a transmitir às crianças e jovens do século XXI? Teriam, não. Têm. Eles revelam verdades ontológicas e antropológicas, eternas e universais, sobre a natureza humana, as quais a razão demonstrativa jamais poderá suplantar. É o que demonstra o poeta mineiro e professor de Literatura Edimilson de Almeida Pereira, em seu mais recente livro infanto-juvenil, Histórias trazidas por um cavalo-marinho.
       As narrativas presentes nesta obra, entre muitas outras, tratam da necessidade de encontrarmos os nossos traços particulares, sobretudo, quando reconhecemos que o grupo que nos cerca e ao qual pertencemos, é muito extenso e diverso. Tais narrativas foram tecidas a partir das referências apreendidas ou assimiladas pelo autor, durante as pesquisas sobre cultura popular, que vem realizando em Minas Gerais, desde 1987. Em O nome do sol, por exemplo, Pereira utiliza cantigas de roda e cantigas de lavadeiras para expressar as sensações dos personagens diante do desaparecimento do Sol. A partir de referências ensinadas por velhos contadores de histórias, o autor procurou criar narrativas permeadas pela ação e pela reflexão, ou seja, os protagonistas se vêem frente a um obstáculo e, para superá-lo, precisam entender o mundo e as relações entre as pessoas. Tal estrutura segue a mesma trajetória dos heróis das narrativas míticas.
          O cavalo-marinho, presente no título, sugere um tom de mistério e enigma; algo que se nos apresenta como conhecido e desconhecido, ao mesmo tempo. Segundo Pereira, o livro tem esse título justamente por que as histórias trazidas por um personagem tão enigmático só poderiam ser narrativas que desafiam a nossa imaginação.
          A questão das cores existentes na natureza é uma constante em todas as narrativas do livro. Isto por que segundo Pereira, a natureza nos fala através de diferentes linguagens As formas, os sons, as cores nos permitem entender o meio em que vivemos, desde que aprendamos a gramática, isto é, a organização e o sentido, de cada uma dessas linguagens. Em Histórias trazidas por um cavalo-marinho, as cores aparecem como uma gramática para os olhos, ou seja, como um convite para pensarmos o mundo através das coisas que vemos e também das que não vemos. As cores ajudam-nos a expressar não só a diversidade do mundo, como também suas particularidades.
             Pereira explica que "em O livro branco com páginas amarelas, a predominância de uma só cor indica a imposição de uma única maneira de ver o mundo. No entanto, quando aprendemos a ver as outras cores, isto é, as outras formas de pensamento e experiência, percebemos que a nossa convivência com os outros se torna muito mais rica e interessante".

Livro: Histórias trazidas por um cavalo-marinho
Autor: Edimilson de Almeida Pereira
Ilustrador(a): Denise Nascimento
Coleção: Árvore Falante
Páginas: 48
Preço: R$ 24,70

Paulinas Editora
Departamento de Comunicação
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
imprensa@paulinas.com.br
Tel: (11) 5081-9333 / 7203-8595


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

É mamífero que fala, né?
Lançamento da Paulinas Editora, o livro chega às livrarias e lojas on-line com uma proposta inusitada: falar de aleitamento materno diretamente para as famílias, especialmente para as crianças, empregando uma linguagem carinhosa, cuidadosa e acessível.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados