BUSCA

Ver o mundo como uma gostosa brincadeira

Data de publicação: 08/12/2005

imprimir

Trailer



São Paulo, 08 de dezembro de 2005

Ver o mundo como uma gostosa brincadeira

Em Badulaques e Traquitanas, a imaginação e as experiências do leitor interagem para estabelecer relações de sentido.

      A poesia e as brincadeiras com palavras de que fala o subtítulo do livro infanto-juvenil de José Carlos Aragão, Badulaques e Traquitanas, remetem ao sentido original da palavra grega "poiésis". Esta palavra na antiguidade clássica significou "produzir, fazer, criar" uma realidade diferente da histórica e factual. A poesia, neste período da história ocidental, tinha uma função social de educar, instruir ou orientar uma prática. No confronto entre o ser humano e o mundo a sua volta, no jogo interativo do culto, da corte amorosa, da competição, da cognição dos processos naturais, ou do humor, tem origem o poema. Dessa forma, é no processo criativo e inventivo das brincadeiras com palavras, ou seja, é no jogo verbal da construção sutil de frases que a criança também desenvolve formas originais de ver, perceber, interpretar e reinventar o mundo. Eis a proposta educativa do autor.
          Já o título "Badulaques e Traquitanas", ao mesmo tempo em que remete a coisas antigas, sem valor ou utilidade, a "quinquilharias" - e talvez justamente por isso -, também refere-se ao caráter de gratuidade, de ludismo, atualmente tão ausente dos métodos mais recentes de educação infantil. Assim, a construção sutil de palavras e frases, em perfeita consonância e interatividade com as ilustrações do autor, permite ao jovem leitor a exploração de múltiplos significados, a recriação sonora e semântica, através de trava-línguas, jogos de palavras e deslocamentos de pensamento e ação.
          É neste sentido que, segundo alguns teóricos da literatura, a poesia tende a chamar a atenção da criança para as surpresas que podem estar escondidas na língua que ela fala todos os dias. Dessa forma a poesia passa a ter, em sala de aula ou no processo educacional das crianças, o que T. S. Eliot chama de "a função de comunicar uma nova experiência, uma nova compreensão do que é familiar ou a expressão de algo que experimentamos e para o qual ainda não temos palavras", ou ainda não havíamos visto com o olhar de admiração, de desvelamento, de redescoberta.
          Mas não é só isso. O livro de Aragão também encontra respaldo para um trabalho educativo quanto a seu aspecto ilustrativo, uma vez que, a literatura para crianças, com obras marcadas pela presença de textos e imagens, é um desafio complexo. Aqui, a imaginação e as experiências do leitor interagem para estabelecer as relações de sentido. Texto e ilustração se complementam, se articulam para, juntamente, comporem um significado novo, o que resulta em diversas combinações semânticas possíveis.

Livro: Badulaques e Traquitanas - Alguma poesia e outras brincadeiras com palavras
Autor e ilustrador: José Carlos Aragão
Coleção: Livros Divertidos
Páginas:32
Preço: R$ 17,20

Paulinas Editora
Departamento de Comunicação
Malu Delmira e J. Fátima Gonçalves
imprensa@paulinas.com.br
Tel: (11) 5081-9333 / 7203-8595


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

É mamífero que fala, né?
Lançamento da Paulinas Editora, o livro chega às livrarias e lojas on-line com uma proposta inusitada: falar de aleitamento materno diretamente para as famílias, especialmente para as crianças, empregando uma linguagem carinhosa, cuidadosa e acessível.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados