BUSCA

Livro “O menino que tinha medo, mas muito medo” é selecionado para o acervo básico FNLIJ 2019

Data de publicação: 09/09/2019

imprimir

Trailer





O livro “O menino que tinha medo, mas muito medo”, escrito e ilustrado por Cláudio Martins (in memoriam), foi selecionado para o Acervo Básico FNLIJ 2019 (produção 2018), na categoria Criança.
A obra apresenta uma linguagem lúdica, com imagens fantasmagóricas, mas carregadas de humor e fantasia, em contraste com o enorme medo que o personagem sentia.
A forma bem-humorada e caótica de lidar com o medo revoluciona a cidade onde se passa a história, seus moradores e o próprio medo. As soluções encontradas para vencer o medo são interessantes, e o estapafúrdio ganha espaço no desenrolar da trama.
As ilustrações imprimem um dinamismo e um passeio por diferentes focos e perspectivas, e as imagens trazem movimento e surpresas, com elementos não mencionados no texto, sem, no entanto, trair a proposta da história. A linguagem verbal e a não verbal comungam da ideia de comunicar a história com inventividade.
A obra é recomendada a crianças de todas as idades, pois trabalha um sentimento universal, que é o medo, sem lições de moral, mas com propostas cheias de humor e de fantasia. Um bom modo de as crianças mergulharem no universo dos sentimentos desconhecidos, sem explicação.

Sobre o autor:
Formado em Desenho Industrial, ilustrou cerca de 300 livros infantis e criou mais de mil capas para várias editoras. É autor de mais de 40 livros para crianças, tendo recebido vários prêmios como ilustrador e escritor. Pela Paulinas Editora, publicou os livros “Buraco de minhoca”, “Era uma vez duas casas”, “Fortuna”, “Fruta-pão”, “O menino que tinha medo, mas muito medo” e “Vovó”, além de ter ilustrado diversas obras de outros autores, entre elas “Enquanto seu lobo não vem”, “Ciranda, Cirandinha”, “Rimandinho” e “Um, dois, bolinho de arroz”.
Cláudio Martins recebeu dois prêmios Jabuti (1991 e 1992), foi nominado para o Prêmio Catalunha de Ilustração, na Espanha, e constou na Lista de Honra do International Board on Books for Young People (Ibby).



Contato para a imprensa
Luciana Sales
Tel.: (11) 5081-9333


Fonte: Sala de imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Os jovens não são o futuro da Igreja. São o presente", diz Bento XVI
Pe. Zezinho e Adriana abrilhantam evento no Pacaembu, que reuniu mais de 40 mil jovens de toda a América Latina.

Duas gerações cantam a juventude para Bento XVI
Duas gerações, uma mesma sintonia, um mesmo ideal. Padre Zezinho (scj), 40 anos de evangelização pela música, e Adriana, representante da nova geração de jovens que se dedicam à música católica, são os artistas da gravadora Paulinas-COMEP nos eventos que

Adriana: uma tarde para toda a vida
Gravação do primeiro DVD e de mais um CD da cantora reuniu cerca de duas mil pessoas no Anhembi, em São Paulo, no último fim de semana.

Um olhar mais humano sobre a América Latina
No processo de pós-modernidade, uma complexa e profunda transformação social e cultural dá nova fisionomia aos mecanismos de exclusão nos países latino-americanos, marcados pelo massivo desemprego, pela precariedade trabalhista, pelo aumento de desigualda

Vida Reluz recebe na ExpoCatólica mais dois Discos de Ouro
Agora são três Discos de Ouro, coroando um trabalho de mais de duas décadas motivando e evangelizando gente de todas as idades.

Início Anterior 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados