BUSCA

Coleção de Paulinas revisita o Concílio Vaticano II

Data de publicação: 10/06/2011

imprimir

Trailer



Por mais frágeis e pequenas que sejam as estruturas visíveis da Igreja, elas são o sacramento de um dom inestimável da Trindade, a família divina que quis habitar a terra

Já se passam cinquenta anos do anúncio do Concílio Ecumênico Vaticano II, feito pelo Papa João XXIII, em 25 de janeiro de 1959. Para as novas gerações, o evento tornou-se por vezes apenas uma página da história. Penetrar nesta história, que continua viva e oferece elementos fundamentais para a renovação da Igreja, é a proposta da coleção Revisitar o Concílio, recém-lançada por Paulinas Editora.

A Igreja reconhece que é urgente retomar o conhecimento e o estudo de suas proposições para que continue o impulso renovador da Igreja por ele suscitado. Mesmo sem nos darmos conta, toda a vida eclesial carrega as marcas dessa virada histórica. Mas é notório que as muitas ofertas de renovação eclesial hoje não possuem a densidade e o peso das proposições apresentadas pelos bispos do mundo inteiro juntamente com o Papa durante o que foi o maior evento eclesial do século XX.

No entender do cardeal Dom Aloísio Lorscheider, o Concílio não veio para definir ou condenar. “Foi um Concílio pastoral-eclesiológico, e duas palavras-chave ajudam a entendê-lo bem: aggiornamento (atualização, renovação, rejuvenescimento, diaconia, serviço) e diálogo (comunhão, corresponsabilidade, participação).” Daí a importância de revisitar o Concílio para perceber a importância que ele tem para a Igreja em nosso tempo, pois permanece válido e serve de referência firme para a verdadeira renovação da Igreja.

Dois livros abrem a coleção. Em Revistar o Concílio Vaticano II, dom Demétrio Valentini nos devolve a inteireza do evento e nos estimula a tocar mais de perto os seus tesouros cada vez mais escondidos. Descreve o contexto eclesial que precedeu e seguiu o Concílio, o intenso envolvimento que suscitou, os grandes temas levantados e as ideias-chave que os presidiram, o itinerário de cada documento produzido e o cuidado e esmero na elaboração e aprovação de cada capítulo.

Já Lúmen Gentium - Texto e comentário, escrito pelo filósofo e teólogo Geraldo Lopes, é o documento-síntese do Concílio II aprovado em 21 de novembro de 1964; representa a janela aberta para o mundo, fundamental para redescobrir o espírito que o inspirava no momento de sua confecção.

Coleção: Revisitar o Concílio
Editora: Paulinas
 

Sala de Imprensa
Joana Fátima, Paula Oliveira e Roberta Molina
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
imprensa@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Povos da floresta
“Povos da floresta – Cultura, resistência e esperança” traz a visão do Brasil de um ângulo que não costuma frequentar os grandes meios de comunicação.

Dia da Consciência Negra
Lembramos o Dia da Consciência Negra com uma coleção de livros que retratam a cultura do povo africano.

Naquele ano
Uma história emocionante, na qual a amizade verdadeira e o amor da família são o apoio e a ajuda nos momentos mais difíceis.

Deus desce
Paulinas Editora acaba de lançar o livro “Deus desce”, da autora Edicleia Tonete, fsp.

Um anjo também para você
O livro “Um anjo também para você”, de Anna Maria Cànopi, lançamento da Paulinas Editora, explica as citações dos anjos no Novo Testamento, bem como traz comentários da autora com aspectos humanos da experiência da fé.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados