BUSCA

Defesa da causa Xingu rende Nobel Alternativo a Dom Erwin Kräutler

Data de publicação: 06/12/2010

imprimir

Trailer



"Não estou feliz em meu nome, mas por causa da Amazônia e dos povos indígenas que merecem esse reconhecimento!"

O Bispo Dom Erwin Kräutler recebe hoje o Prêmio Right Livelihood 2010, o prêmio Nobel Alternativo dos Direitos Humanos, oferecido pela fundação Right Livelihood Award para homenagear e apoiar os que "trabalham na busca e aplicação de soluções para as mudanças mais urgentes e necessárias no mundo atual". A entrega é feita em Estocolmo, no Parlamento sueco, onde também se realiza a entrega anual do Prêmio Nobel.

O bispo da prelazia do Xingu é um dos quatro ganhadores de 2010 e foi contemplado por sua defesa à causa indígena e dos povos ribeirinhos no alto do Xingú, uma luta que se tem intensificado diante da decisão do governo federal de construir na região a Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Os organizadores citam na indicação “a vida dedicada ao trabalho com direitos humanos e ambientais dos povos indígenas, e por seu incansável esforço para salvar a Amazônia da destruição". Para dom Erwin, que vive há quase 50 anos na região, a alegria de receber o prêmio é muito grande. “Não estou feliz em meu nome, mas por causa da Amazônia e dos povos indígenas que merecem esse reconhecimento!”

Para o presidente da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha, a indicação é um gesto de reconhecimento à atuação “pastoral e profética” de Dom Erwin junto aos mais fracos e aos povos indígenas. Ele lembra que também Dom Helder Câmara recebeu esse prêmio na época do regime ditatorial no Brasil, quando lhe foi negado o Prêmio Nobel da Paz. “Quero parabenizar Dom Erwin e a nossa igreja, por ter em seu meio um lutador pela justiça social, pelo meio ambiente e pela vida dos povos indígenas!”, declara.



Sala de Imprensa
Paulinas Editora
Joana Fátima, Taís González e Roberta Molina
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
imprensa@paulinas.com.br



Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

A origem da Palavra de Deus em debate
Um encontro para ajudar os leigos a disseminar os ensinamentos de Cristo com mais propriedade e segurança em suas comunidades.

Um código mais que suspeito
Está explicado porque Dan Brown se recusa a participar de debates sobre o seu O Código da Vinci. Não teria mesmo como explicar, à luz dos próprios documentos que embasam sua obra, os diversos erros históricos e teológicos, a não ser o interesse em produzi

Vire a noite em uma balada com Electrocristo
No próximo dia 23, das 22 horas às 7 da manhã, a Represa de Guarapiranga vai servir de palco para a primeira rave católica do País

"A liturgia sem o silêncio é estéril, superficial, banal, vazia."
A manhã de 27 de maio, sábado, ficou curta diante do interesse e envolvimento dos cerca de 80 participantes do curso Comunicação na liturgia, a cargo do teólogo e filósofo Padre Agnaldo José.

Uma manhã mais que especial na Paulinas
Muita festa, dança e interação em um encontro de clientes, visitantes voluntários, enfim, muita gente especial.

Início Anterior 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados