BUSCA

A prática como a melhor lição na hora de evangelizar

Data de publicação: 02/09/2009

imprimir

Trailer



"Se os agentes eclesiais continuarem falando e agindo como se as pessoas estivessem predispostas a ouvi-los e segui-los, tenderão a se transformar cada vez mais em atores de um espetáculo indesejado."

Nos tempos de hoje, as tradições familiar, cultural e religiosa deixaram de ser o alicerce da educação das novas gerações, e a mediação das relações humanas não é mais estabelecida somente pelas instituições sociais tradicionais ou autoridades constituídas. A nova cultura não se constrói sobre princípios éticos ou religiosos bem definidos. Cargos, títulos e instituições não representam, necessariamente, autoridade e poder de influência sobre as pessoas. Nesse contexto, a Igreja Católica perdeu progressivamente a influência no campo da fé.

Escrito por Elli Benincá e Rodinei Balbinot, o livro Metodologia pastoral - Mística do discípulo missionário reúne reflexões construídas a partir de experiências pastorais, de assessorias na área de metodologia e planejamento pastoral e de aulas no Instituto de Teologia e Pastoral – Itepa, de Passo Fundo, RS. O intuito é alertar para a necessidade de construção de um novo modelo de agente pastoral, evitando que as relações de evangelização mergulhem no vazio.

A tese dos autores é de que ainda há muitos agentes de pastoral acreditando que as necessidades são ainda estabelecidas pelas instituições sociais tradicionais; que continua valendo e muito a autoridade dos instituídos; continuam acreditando que a sociedade tem instituições e autoridades às quais as pessoas devem se ajustar e respeitar. Mas muita coisa mudou e esses agentes não se deram conta de tais mudanças.

Benincá e Balbinot destacam, ainda, que muitas pessoas ligadas à Igreja pensam não ser necessário estudar para fazer pastoral. Talvez esta seja uma das razões de se pensar que a pastoral é um campo de prática, não de reflexão. Mas a prática pastoral pode ser o ponto de partida para a construção de conhecimentos específicos da ação evangelizadora que, longe de contradizer a mística do discípulo missionário, é uma garantia de sua qualificação frente aos complexos desafios da contemporaneidade.
Os autores defendem a busca de um método que possibilite ao agente-observador observar-se a si mesmo, enquanto observa a relação que se estabelece entre os sujeitos. A metodologia não é um instrumento, mas a própria mística do agente; não está fora e separada dele, mas constitui o seu modo de ser. É, em uma palavra, a sua espiritualidade.


Título: Metodologia pastoral - Mística do discípulo missionário
Autores: Elli Benincá e Rodinei Balbinot
Coleção: Pastoral
Formato: 14,0 x 21,0
Págs.: 112
Preço: R$ 13,80
Código: 515523
ISBN: 9788535624632

Sala de Imprensa
Paulinas Editora
Joana Fátima, Taís González e Roberta Molina
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
imprensa@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Um anjo também para você
O livro “Um anjo também para você”, de Anna Maria Cànopi, lançamento da Paulinas Editora, explica as citações dos anjos no Novo Testamento, bem como traz comentários da autora com aspectos humanos da experiência da fé.

O gatinho fofoqueiro
O livro aborda de forma criativa a importância da honestidade e os danos que uma fofoca pode causar

A menina que fazia barquinhos de papel
Paulinas lança livro infantil sobre a Padroeira dos Imigrantes

Círculo bíblico missionário
Paulinas lança roteiro detalhado que auxilia nos encontros de estudos bíblicos.

Homilia - Espaço para comunicar esperança
“Homilia – Espaço para comunicar esperança”, lançamento da Paulinas Editora, mostra a importância da comunicação do Evangelho por meio da homilia nas celebrações.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados