BUSCA

A prática como a melhor lição na hora de evangelizar

Data de publicação: 02/09/2009

imprimir

Trailer



"Se os agentes eclesiais continuarem falando e agindo como se as pessoas estivessem predispostas a ouvi-los e segui-los, tenderão a se transformar cada vez mais em atores de um espetáculo indesejado."

Nos tempos de hoje, as tradições familiar, cultural e religiosa deixaram de ser o alicerce da educação das novas gerações, e a mediação das relações humanas não é mais estabelecida somente pelas instituições sociais tradicionais ou autoridades constituídas. A nova cultura não se constrói sobre princípios éticos ou religiosos bem definidos. Cargos, títulos e instituições não representam, necessariamente, autoridade e poder de influência sobre as pessoas. Nesse contexto, a Igreja Católica perdeu progressivamente a influência no campo da fé.

Escrito por Elli Benincá e Rodinei Balbinot, o livro Metodologia pastoral - Mística do discípulo missionário reúne reflexões construídas a partir de experiências pastorais, de assessorias na área de metodologia e planejamento pastoral e de aulas no Instituto de Teologia e Pastoral – Itepa, de Passo Fundo, RS. O intuito é alertar para a necessidade de construção de um novo modelo de agente pastoral, evitando que as relações de evangelização mergulhem no vazio.

A tese dos autores é de que ainda há muitos agentes de pastoral acreditando que as necessidades são ainda estabelecidas pelas instituições sociais tradicionais; que continua valendo e muito a autoridade dos instituídos; continuam acreditando que a sociedade tem instituições e autoridades às quais as pessoas devem se ajustar e respeitar. Mas muita coisa mudou e esses agentes não se deram conta de tais mudanças.

Benincá e Balbinot destacam, ainda, que muitas pessoas ligadas à Igreja pensam não ser necessário estudar para fazer pastoral. Talvez esta seja uma das razões de se pensar que a pastoral é um campo de prática, não de reflexão. Mas a prática pastoral pode ser o ponto de partida para a construção de conhecimentos específicos da ação evangelizadora que, longe de contradizer a mística do discípulo missionário, é uma garantia de sua qualificação frente aos complexos desafios da contemporaneidade.
Os autores defendem a busca de um método que possibilite ao agente-observador observar-se a si mesmo, enquanto observa a relação que se estabelece entre os sujeitos. A metodologia não é um instrumento, mas a própria mística do agente; não está fora e separada dele, mas constitui o seu modo de ser. É, em uma palavra, a sua espiritualidade.


Título: Metodologia pastoral - Mística do discípulo missionário
Autores: Elli Benincá e Rodinei Balbinot
Coleção: Pastoral
Formato: 14,0 x 21,0
Págs.: 112
Preço: R$ 13,80
Código: 515523
ISBN: 9788535624632

Sala de Imprensa
Paulinas Editora
Joana Fátima, Taís González e Roberta Molina
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
imprensa@paulinas.com.br


Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador

Galeria de Imagens





Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Entre as sombras e a luz
Paulinas lança romance que mistura realidade e ficção

Terço dos Homens
Obra de André Luís Kawahala visa incentivar a reflexão sobre essa antiga e piedosa devoção.

Tratando pesadelos pós-trauma
Em livro, Joanne L. Davis descreve técnicas para tratar pesadelos crônicos decorrentes do Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT)

Coleção "Pequeninos do Senhor"
Paulinas Editora lança, em parceria com a Associação Pequeninos do Senhor, uma coleção para catequizar crianças de 3 a 7 anos.

Cura dos sentimentos em mim e no mundo
Psicóloga e apresentadora de TV lança livro sobre cura de dores profundas e traumas

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados