BUSCA

Wilson Rocha lança primeiro álbum por Paulinas-Comep

Data de publicação: 29/10/2008

imprimir

Trailer



Como um convite à Paz, "Oração de São Francisco" recebe arranjo provocador.

Poético, com letras para refletir sobre o modo de experimentar a vida e tudo o que ela pode oferecer – a começar pela própria vida. Depois de quase 30 anos de caminhada, o paranaense Wilson Rocha grava seu primeiro CD por Paulinas-COMEP. Oito das doze músicas são inéditas, e revelam sentimentos de alegria e dor; de fé e esperança, cantando sua história e partilhando sua experiência de amizade, de família e de Deus. “A história de vida de cada um de nós revela a grandeza do plano Deus. Somos todos um milagre”, comenta ele.

Dividem os arranjos deste álbum Pedro Vilk, músico e integrante da Banda Cristi, Ocimar de Paula (São Paulo), que também fez a direção musical, e Wilson Rocha, também como compositor, intérprete e instrumentista. Com ritmos que vão de baladas ao pop rock, em praticamente todas as faixas, ele executa solos de violão e, em algumas, também de guitarra.

Dez canções são de sua autoria - “Senhor de mim”, “Te adorarei Senhor”, “Volta pra mim”; “Mãe da infinita ternura” , “Criança”, “Sombras”, “Perdoa, meu filho” (nascida da experiência com o pai) e “Seguirei te amando” (dedicada à esposa Vânia). A regravação de “Instrumento de tua paz”, de padre Irala, é fruto de parceria com Vilk. A canção traz a conhecida Oração de São Francisco com arranjo provocador, convidando-nos a sermos instrumentos de paz. As três outras regravações são “De mim pra mim mesmo” , “Aposta na vida” e “Abraço amigo”, esta em parceria com o amigo Danilo Lopes, da banda Cerimonya.

Wilson começou a tocar em Igreja aos 15 anos. Em 1985, depois de ter participado de muitos encontros, ministrado palestras e composto várias músicas, sentiu a necessidade de partilhar tudo o que Deus lhe ensinara pela música. Era o início das bandas de músicos católicos. Com três amigos, formou a “Cristi”, banda que fez sucesso, principalmente com o rap “Vai à Missa”, e se desfez em 1994.

Continuou carreira solo e, em 1996, gravou o primeiro CD “Sei que vais comigo”.  Suas composições foram gravadas por vários intérpretes, entre eles padre Marcelo Rossi que, em 1999, regravou “Iê, iê, iê de Jesus”, interpretada também pela Banda Dominus e outros grupos. Em 2003, a Banda Cristi retornou com nova formação e em setembro daquele mesmo ano, lançou o álbum “Imensidão”.

Rocha foi também um dos idealizadores do Hallel na cidade de Maringá. Além de shows, halléis, escola de formação e cursos, participa de acampamentos, encontros e palestras de formação, tendo como principal tema o relacionamento entre pais e filhos. É integrante do “Projeto Mais Vida”, que ajuda a resgatar a vida de jovens por meio da formação humana e cristã.


Wilson Rocha
Editora Musical: Paulinas-Comep
Código: 119954
Preço: R$ 18,90

Sala de Imprensa
Paulinas-COMEP
Léo Guimarães, Taís González e Roberta Molina
www.paulinas.org.br/sala_imprensa
imprensa@paulinas.com.br
divulgacao@paulinas.com.br



Fonte: Paulinas
Postado por: Administrador



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Frei Turra: canções para a cura do corpo e do espírito
Capuchinho gaúcho prepara mais um CD por Paulinas-COMEP.

Ao sax e piano, Marquinho e Gilbert interpretam Walmir Alencar...
... E proporcionam novos momentos de relaxamento e introspecção

Cantores de Deus - uma década de história
Uma história com muitas histórias... O grupo Cantores de Deus comemora carreira com o CD Nossa História.

O pulsar de uma pequena grande família em cada coração...
Com um CD, por assim dizer, politizado, de terra-terra, ombro e colo e muito família, Grupo Ir ao Povo se reinventa e vai consolidando o projeto de Pe. Zezinho, scj, de levar a canção católica em linguagem da cidade e do ...

Ítalo Villar: o sonho de Deus e nosso!
Com parcerias importantes, Ítalo Villar, depois de muito sonhar, apresenta segundo CD solo, mais profundo, intimista.

Início Anterior 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados