BUSCA

A inclusão na Educação - Humanizar para educar melhor

Data de publicação: 27/10/2015

imprimir

Trailer



“Se a sabedoria entrar em seu coração, e a ciência agradar a tua alma, a reflexão te guardará, e a prudência te conservará.” (Provérbios 2,10-11)

Diante de sua vivência como professora na rede pública de Educação Básica e como docente no Ensino Superior, Maria Nilza Oliveira Quixaba lança “A inclusão na Educação – Humanizar para educar melhor”, e compartilha suas vivencias e o seu olhar sobre a inclusão de pessoas com deficiência na Educação sob a perspectiva da humanização. Questões como escolarização, acessibilidade, práticas inclusivas, preconceito, aprendizagem, tecnologias no ensino de pessoas com deficiência e outros servirão como pano de fundo para as reflexões apontadas nesta obra.
De acordo com a autora, o espaço onde ocorre o processo de escolarização construído pelas diferentes sociedades ao longo dos anos é a escola, é nela que acontece o fortalecimento das práticas culturais e onde o imaginário social excludente ou includente mais se revela, de modo que valores, costumes, atos e fatos são cristalizados nela, positiva ou negativamente. Para ela, valorizar a diversidade em sala de aula é permitir que as potencialidades sejam afloradas, usadas e socializadas, pois quando a escola reconhece a diversidade contida em suas salas de aula e a estimula e valoriza, abre caminhos para a construção de um ambiente mais democrático.
Estruturada em cinco capítulos, o objetivo da obra é contribuir com a abertura de caminhos para o exercício da escuta dos alunos com deficiência e, assim, auxiliar na compreensão das práticas educacionais inclusivas, alicerçadas na política de educação especial sob a luz do olhar desses alunos, além de ampliar as discussões já existentes sobre a educação de pessoas com deficiência.

A autora:
MARIA NILZA OLIVEIRA QUIXABA é professora universitária, mestra em Educação, doutoranda em Informática na Educação, especialista em Educação Infantil e Especial, Psicopedagogia e Educação Especial, Inclusão e LIBRAS. Trabalhou 20 anos na Educação Básica, em rede pública de ensino, com alunos com deficiência nos diferentes níveis. Presta assessoria na área de inclusão de pessoas com deficiências, práticas inclusivas e ensino da Língua Brasileira de Sinais.


Fonte: sala de imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Consciência negra se constrói com histórias e representatividade
No mês da consciência negra, a Paulinas apresenta uma série de livros inspirados e contatos do ponto de vista da África e dos africanos, contribuindo com a representatividade e com a auto-estima de afrodescendentes.

Burnout
A síndrome de 'Burnout' descreve o estado de exaustão intensa e prolongada da pessoa em relação ao seu trabalho. Entre eles, tem chamado atenção, pela sua frequência e gravidade, o complexo de desgosto, cansaço e desencanto que afeta muitos profissionais.

"Violência doméstica e familiar contra a mulher" - Um problema de toda a sociedade
Os artigos foram escritos por especialistas de diversas áreas que, a partir de sua experiência , buscam informar e orientar sobre como reconhecer um caso de violência doméstica e o que fazer.

O perfume da esperança
A obra narra a emocionante história de Paolo, um brasileiro adotado por uma família italiana, na busca por suas raízes.

Confessar... O quê? Por quê? Como?
Novo livro de padre Cleiton Viana convida você a refletir e compreender o sacramento da confissão.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados