BUSCA

Aumentei, mas não menti

Data de publicação: 04/05/2016

imprimir

Trailer


DADOS DO PRODUTO

Título: Aumentei, mas não menti
Autor(a): Antonio Juraci Siqueira
Ilustrador(a): Nena Borges,Silvio Borges
PAULINAS - LIVROS
Coleção: AVULSO
Formato: (15,5 x 23,0)
Páginas: 38
Código: 529044
ISNB: 9788535641097
Preço: R$ 35,80

RELEASE


Paulinas lança cordel infantil sobre mitos da tradição indígena

Novo livro do premiado autor paraense Antonio Juraci Siqueira aproxima a criança da cultura brasileira


O mito da criação dos rios (da Ilha do Marajó) e o mito da criação da noite (dos povos Tupis) são bastante difundidos tanto pela literatura oral quanto pela escrita e estão reunidos no livro “Aumentei, mas não menti”.
Nesta versão, além de serem muito bem construídos, com composição em sextilhas septissilábicas no esquema de rimas XAXAXA, valorizam a tradição indígena e a cultura brasileira.
Em forma de cordel, outra expressão cultural muito importante, foram ilustrados com belíssimas xilogravuras, que valorizam as características regionais da obra.


Sobre o autor:
Antonio Juraci Siqueira é paraense de Cajari, município de Afuá, e lá, ainda menino, descobriu a literatura nos folhetos de cordel. Morou em Macapá-AP de 1965 a 1976, quando se mudou para Belém, onde se graduou em Filosofia pela Universidade Federal do Pará. Possui mais de 80 títulos individuais, entre folhetos de cordel e livros de literatura infantojuvenil, poesia, contos, crônicas e textos humorísticos, além de contar com mais de 200 premiações literárias em âmbito nacional e local. Atua como professor de Filosofia do Ensino Médio, contador de histórias, oficineiro de literatura e performista.


Fonte: Sala de Imprensa
Postado por: Sala de Imprensa



Compartilhe este conteúdo:



Veja Também

Um novo olhar sobre fariseus, escribas e saduceus
O especialista em história antiga e estudos bíblicos professor Anthony J. Saldarini se lançou ao desafio de contribuir para uma compreensão mais abrangente desses três partidos religiosos, em relação ao seu contexto e significado.

Mídias digitais e inclusão social - o debate é agora!
Diante das novas mídias digitais, como colocar em prática projetos de inclusão social? André Barbosa Filho, Cosette Castro e Takashi Tome oferecem subsídios para a discussão desta e de outras grandes questões que estão na pauta do Governo hoje.

Ambiente: por mudanças urgentes!
As grandes mudanças tão necessárias ao País, incluindo uma radical em nossas políticas públicas, só terão início com o despertar da consciência dos brasileiros a respeito de si mesmos e de sua importância para o tecido social.

O desafio de ser um para o outro
Em mais esta obra filosófico-teológica, Bruno Forte, um dos mais vigorosos teólogos italianos da atualidade, defende que a ética não pode existir sem transcendência, sem um "ir para o outro" desprovido de interesses, com a única finalidade de acolhê-lo na

Luz para quem não pode ouvir
No relacionamento com as pessoas que não conseguem ouvir "deve-se ultrapassar a retórica discursiva, que vem a ser bela e apelativa às emoções, mas que é exclusiva na medida em que nega a diferença e suas demandas", defende a autora, mãe de uma criança su

Início Anterior 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados